Todas as vezes que vou falar sobre viajar em família chego diante do computador sem saber bem por onde começar, porque escrever sobre nossas viagens com nossos filhos é sempre muito emocionante, a cada fato contado uma lembrança revivida, chego a lembrar do olhar de cada um ao relatar determinada situação.

E para escrever esse post com 1o dicas que só uma mãe viajante pode dar o coração já ficou um pouco apertado quando ainda estava rabiscando no papel. Esse post faz parte de uma Blogagem Coletiva especial para o Dia das Mães. A ideia veio lá do grupo de blogueiras que viajam com seus filhotes pelo mundo. Demais né?

⇒ Leia a tag Blogagem Coletiva para ver as que já participamos

Meus filhos já não são mais crianças, o caçula está com 14 anos mas nem por isso deixei de ter certos cuidados quando estou programando viajar em família. Como sempre dizemos, nossos filhos sempre precisarão de nossos olhos atentos :).

Começamos a viajar quando Arthur, o mais novo, tinha 3 anos, até então havíamos feito apenas viagens para lugares próximos aqui de Recife. Demos prioridade a outras coisas antes de entrarmos no universo das viagens mais longas. Nossas vidas de mãe e pai começaram muito cedo e tínhamos outras prioridades, mas hoje vemos que fizemos o que era mais correto para a época e não nos arrependemos. Nunca é tarde para começar nada, e para viajar então, nem se fala…

⇒ Leia também 20 coisas sobre mim para você me conhecer melhor e Wanderlust: perguntas e respostas sobre viagens 

Nos organizamos sempre procurando intercalar viagens a dois e viagens em família, não obrigatoriamente assim, mas não temos aquele ‘compromisso’ ou sentimento de viajarmos sempre em família.

Defendemos a ideia de que o casal precisa de momentos a sós mas confesso que quando estamos em certos lugares sem os meninos o coração aperta só em imaginar o quanto eles iriam gostar de estar ali naquele momento.

Mas quando chega a vez de viajar em família o roteiro é prioritariamente voltado para os filhos, como agora estão maiores precisamos fazer poucos ajustes com relação aos interesses em comum com os nossos, mas nem sempre foi assim.

Nessa lista com 10 dicas para viajar em família, não me detive a escrever por ordem de importância, fiz à media que ia lembrando, mesmo tendo riscado uma ou outra no rascunho porque cheguei a escrever mais de 20. Então ficaram as que julgo mais importantes considerando a realidade de minha família: um casal com 3 filhos maiores.

1 – Escolher um (ns) destino (s) que agrade

Eu acho que toda viagem é válida, que todo destino merece uma visita, mas se tratando de viajar com crianças/ adolescentes, devemos considerar se o destino oferece atrações que interessem a eles, porque a viagem pode se tornar cansativa e cheia de reclamações.

Washington em família

2 – Pesquisar passeios de acordo com os interesses dos filhos

Nem todo mundo gosta das mesmas coisas, nem acha legal determinados passeios mesmo sendo o preferido de outros. Quando estou fazendo o planejamento de uma viagem com os meninos, procuro dividir nossa programação de acordo com os gostos de cada um deles, eles já sabem que cada um terá pelo menos um dia com suas preferências em evidência e que no próximo será o dia do irmão e assim por diante. Em alguns dias um ficará mais satisfeito do que o outro, mas no geral, eles aproveitam juntos.

⇒ Um exemplo disso está no post Rockettes Summer Spectacular em New York

Loja M&M

Passeio de Gôndola no Venetian em Las Vegas

3 – Chamar os filhos para opinarem sobre o destino e a programação

Quando chegamos a um impasse entre um ou mais destinos, sentamos todos juntos e começamos a ver as vantagens e desvantagens de alguns lugares. Escolhemos juntos para onde iremos quando há a possibilidade de irmos a mais de uma cidade numa mesma viagem. Eles se empolgam desde o planejamento :).

⇒ Leia também Nossa viagem a Las Vegas com os filhos 

Las Vegas com os filhos

4  – Respeitar os limites de cada um

Independente da idade, cada um tem seu limite físico, de paciência, de conseguir segurar a fome até chegar a um lugar para comer, procurar um banheiro quando precise e tudo isso varia de pessoa pra pessoa.

Como temos 3 filhos, já aconteceu de estarmos no Museu de História Natural e eu ficar com Arthur esperando que Ricardo continuasse a visita com os outros maiores porque Arthur estava cansado e me pediu pra descansar.

É muito importante a criança saber que podem contar com os pais em situações assim, já ouvi mães dizendo que não admitiam isso porque estavam ali ‘pagando em dólar’, não era hora de ficar  parado enquanto os outros aproveitavam.

⇒ Leia também Crianças com carrinho nos parque em Orlando

Museu de História Natural em New York

5 – Relaxar em alguns pontos da rotina

Em viagens não dá pra manter a rotina de certos hábitos que temos em casa, na verdade viajar serve também pra deixarmos certas regras do dia-a-dia né gente? Então procure relaxar em alguns aspectos que estando em casa não passariam batido, isso faz com que as crianças (e nós), nos tornemos mais leves e descontraídos.

6 – Não deixar de levar os remédios que os filhos têm o hábito de tomar quando precisam

Esse é um ponto super importante, independente de terem ou não alergia a alguma droga, é muito importante termos na mala a medicação que eles estão habituados a tomar porque sabemos como eles reagem e evitamos surpresas.

The Link em Las Vegas

7 – Ter sempre um plano em caso de se perderem de nós

Independente do lugar que estamos, sempre combinamos o que fazer caso nos percamos em determinado passeio. Quando estamos a caminho conversamos sobre o que fazer caso isso aconteça. Vai que entramos num vagão de metrô e por acaso um de nós não consiga entrar por alguma razão? Ou não consiga sair na estação porque muita gente saiu do trem e não conseguiu passar?

8 – Alertar sobre o risco de parar para ouvir conversa de um estranho

Não sou paranoica, mas quando estamos viajando sempre recomendo aos meninos que mesmo estando junto de nós, nunca pare para dar ouvido a algum estranho que possa chamá-los na rua, nos mostre que iremos conversar, se for o caso. Como somos 5 e meus filhos já são crescidos, não andamos de mãos dadas.

Viajar em família

9 –  Respeitar o calendário escolar

Já fizemos viagens durante o período escolar algumas vezes e eles nunca se prejudicaram, mas à medida que vão foram crescendo precisamos nos adaptar ao calendário escolar, eles mesmo pediram para não se ausentarem por muito tempo. Nossa última viagem em família foi no mês de julho e a próxima será no Carnaval do próximo ano e daremos uma esticada na semana anterior já que será a primeira semana de aula onde normalmente não é dado muito assunto novo.

⇒ Leia também Viagens com os filhos e escola: como conciliar? e Viajar com os filhos em época de aulas 

10 – Acatar sugestões dadas pelos filhos mesmo que estejam fora do roteiro

Aqui nós sempre fazemos um roteiro diário em nossas viagens, achamos que ganhamos tempo sabendo pra onde ir e o que é perto do que. Mas claro que há improvisos que vêm com mudança de clima por exemplo, e vamos nos ajustando.

Temos percebido com o crescimento dos meninos, que eles vão observando alguns restaurantes, algumas lojas, lugares que vamos passando pelo caminho e eles vão sugerindo para irmos em outros dias. Temos tido surpresas agradáveis e eles ficam muito satisfeitos em ver que indicaram uma atração que agradou. Vemos que esta sendo um incentivo pra eles.

⇒ Leia também Restaurante na Liberdade em São Paulo: Momo Lamen é nossa dica

Momo Lamen com os filhos

Em resumo

Minha lista traz dicas para famílias com filhos maiores que é nossa realidade hoje. Se tivesse escrito esse post uns 5, 6 anos atrás, com certeza a maioria delas seria diferente, mas optei por falar da minha realidade hoje até por saber que nessa blogagem teremos vários blogs de famílias viajantes com filhos pequenos que trarão dicas super úteis para esse perfil de família.

Acredito até que algumas providências e atitudes que eu tomava quando viajava com os meninos anos atrás já estão obsoletas hoje, as crianças e o mundo estão evoluindo numa rapidez tão grande que está difícil acompanhar :).

Washington em família

Para ver os posts sobre essa Blogagem Coletiva nas redes sociais, use as #dicadeviagemdemãe e #dicademaeviajante

Blogs que participantes

Viagens que Sonhamos
Andreza Dica e Indica
Por aí com os Pires
Felipe, o pequeno viajante
Vamos Por Aí
Viajar hei
Ases a Bordo
Vem pro Parque!
Bebe Piccolo
Viajo com Filhos
Mel a Mil Pelo Mundo
Malas & Malinhas
Diário de Viagem
Trilhas e Cantos
Viagem Simplesmente
Viajando de Carro
Do RS para o Mundo
Viagens de Mãe
Cris pelo Mundo
Ninho de Jiripoca
Blog Viaje pelo Mundo
Carregando Malinhas
Viajando por Aí
Viagens e Filhos
De Primeira Viagem
Viajando em Família
Ferinhas Viajantes
Pequenos Pelo Mundo
Passeiorama
Gosto de Pronto
Entre Mochilas e Malinhas
Roteiro Renatours
Vou Viajar
Família Viagem
Viajar e Brincar
Viagem em Detalhes
Viajante em Tempo Integral

Para salvar no Pinterest.

Dicas para viajar em família

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.