banner

Viagens com os filhos e escola: como conciliar?

Assunto muito polêmico e como tal, as opiniões são sempre divergentes entre as famílias: Viagens com os filhos e escola. Como conciliar ano letivo e viagens com crianças?

E por se tratar de viagens, nós blogueiros que viajamos com nossas crianças, no meu caso não tenho mais crianças (caçula com 13, o do meio com 17 e o mais velho com 29)…resolvemos nesse mês de outubro, onde comemoramos o Dia das Crianças, fazer mais uma blogagem coletiva abordando esse tema.

viagens-com-os-filhos-e-escola-5

Arthur, Victor e José Ricardo

Outras blogagens coletivas que já participamos:

Perrengues e viagens
Museu de História Natural de Viena – #MuseumWeek
Top 5 de nossa wish list de viagens em família
Melhores viagens em família
Instituto Ricardo Brennand – #MuseumWeek
Viajando com as crianças pelo Brasil
Natal em New York
Bebidas pelos mundo: roteiro etílico com 4 tipos de bebida
Paço do Frevo: espaço exclusivo dedicado do ritmo pernambucano – #MuseumWeek
Viajando na crise. O que fazer em Las Vegas de graça
Viajando e aprendendo junto com os filhos
Como é New York na primavera
Palácio de Versalhes. Patrimônio UNESCO com louvor

Muitas famílias ficam muito preocupadas em tirar as crianças das aulas para fazer uma viagem, outras acham que não tem problema elas perderem alguns dias de aula e outras só viajam nas férias tendo esse fator como decisivo.

E como nós aqui em casa lidamos com isso?

Bom, quando começamos a viajar com os meninos eles estavam na Educação Infantil. Na época aproveitávamos os feriados prolongados e fazíamos viagens para lugares mais próximos de casa. Tínhamos outras prioridades e planejamentos e as viagens eram mais resumidas tanto em destinos como em orçamentos.

Mas quando as coisas entraram no caminho que planejamos, começamos a fazer viagens mais longas, tanto em distância como em duração.

A maior que fizemos até hoje com eles foi no mês de abril quando um deles estava no 4º Ano do Ensino Fundamental e o outro no 7º. O mais velho tinha acabado de voltar de um intercâmbio de 6 meses na Espanha e não nos acompanhou porque não podia faltar aula na faculdade.

viagens-com-os-filhos-e-escola-1

Dois anos depois fizemos outra na mesma época do ano, dessa vez menos dias e com os 3 filhos.

Juntei essas duas experiências e escrevi o post viajar com filhos em época de aulas contando como fizemos para organizar as obrigações da escola com nossas viagens.

Mas as viagens não pararam por aí e em cada situação tivemos que tomar atitudes e iniciativas diferentes.

Fomos passar o Natal nos Estados Unidos 2 anos atrás, nossas família, minha irmã com a dela e minha mãe.  A última prova de Arthur seria na segunda-feira e nós embarcaríamos na sexta anterior. Conversei com a coordenação e permitiram que ele fizesse a prova no dia da viagem pela manhã. O mesmo aconteceu com minha sobrinha que mora em outra cidade. Logo que acabou a prova veio pra Recife para viajarmos.

viagens-com-os-filhos-e-escola-3

Fomos para Orlando e Washington antes de chegarmos a NY para o Natal

Veja o roteiro de 18 dias nos EUA em família e Como ver o Natal em New York em 10 passos

Qual nossa ‘receita’ para conciliar viagens com os filhos e escola?

Essa pergunta sempre vem à tona seja numa mesa durante um jantar entre casais de amigos com filhos na mesma faixa etária dos nossos, seja numa reunião de pais na escola que por acaso o assunto surge ou em outras ocasiões que acabamos falando de viagens.

E sempre digo que não temos uma fórmula, cada caso é um caso. Cada criança é única, cada escola encara de uma forma e fatores como férias dos pais e orçamento entram no contexto.

Sabemos que janeiro e julho são épocas onde a maioria dos destinos está em alta temporada justamente pelo fato de serem épocas do ano das férias de muitos países ou até pela estação do ano. E com isso os preços sobem em todos os setores que envolvem uma viagem.

Isso leva muitas famílias a escolherem outros meses para viajar.

O que levamos em conta antes de escolhermos a época de viajar com as crianças:

  • Como estão os boletins escolares;
  • Estando bem, pedimos o calendário das provas para vermos as datas;
  • No caso de terem provas durante o período da viagem, procuramos marcar durante as provas das matérias mais ‘simples’ (história, geografia, cidadania) porque na segunda chamada a matéria é acumulativa;
  • Procuramos meses que tenham algum feriado durante a semana, tudo é válido para perderem menos dias de aula;
  • Tentamos marcar a ida para uma quinta ou sexta-feira para ‘ganharmos’ o final de semana;
  • Na volta, procuramos chegar num sábado para não perderem a segunda-feira por causa do jetleg (quando houver) ou cansaço natural de uma viagem;
  • Eles falam com os colegas mais chegados para serem incluídos nas equipes dos trabalhos em grupo que forem passados durante a ausência para não ficarem deslocados na volta;
  • E o mais importante, deixamos claro pra eles que estão saindo para umas férias fora de época mas que pra isso precisam fazer a parte deles. Ou seja, na volta, dedicação total para acompanhar os assuntos.

Nossas dicas aos pais viajantes com filhos entrando na idade escolar:

  • Comecem aos poucos, se não tiver outra opção de datas para viajar, tirem as crianças da escola por poucos dias, a rotina escolar faz parte do aprendizado e crescimento delas;
  • Viajem com a consciência tranquila, viajando as crianças aprendem coisas que se estivessem em casa não aprenderiam. (Claro que não podem abrir mão da escola pra viajar!);
  • Como ainda são pequenas, elas não terão que fazer atividades escolares perdidas, mas eu pediria à escola quando voltasse para fazer em casa. Assim meu filho não ficaria sem exercitar o que foi dado em sala;

Nossas dicas aos pais viajantes com filhos na Educação Infantil em diante:

  • Deixe claro que na volta eles terão responsabilidades acumuladas a cumprir;
  • Caso percam provas, verifiquem com a escola como funciona o sistema de segunda chamada. No caso do colégio dos nossos, a matéria é acumulativa independente do motivo da ausência;
  • Havendo alguma apresentação de trabalho escolar ou atividade presencial que valha nota durante a viagem, negocie com a coordenação como ele poderá obter essa avaliação. O calendário de atividades para nota está definido no planejamento desde o começo do ano (pelo menos no colégio dos meninos). Por isso é essencial ir à escola antes da viagem para ver o que pode ser negociado sem prejudicar o aluno;
  • Caso algumas notas ou médias baixem logo após a viagem, releve. Eles perderam aula e muitas vezes alguns assuntos são muito melhor entendidos durante a explicação do professor. Apenas estudando pelo livro pode não ser suficiente, mas isso tem limite :).
  • E o principal, avalie o perfil de cada filho. Eles são diferentes, cada um reage de uma forma, encara as situações de maneira diferente e isso altera o desempenho escolar depois de uma ausência prolongada.

Como o posicionamento dos pais no dia-a-dia escolar pode interferir

Aqui em casa cobramos dos meninos senso de responsabilidade desde pequenos. Quando o ano letivo começa, eles já sabem que se esquecerem um livro ou material escolar em casa, levamos ao colégio apenas a 1ª vez. A partir daí ficarão sem o material mesmo que isso acarrete alguma punição por parte da escola.

Tem educação física e não foi com o fardamento adequado? Nós não vamos levar a camisa ou o short na escola, vai ficar sem fazer a aula, levar falta e precisa fazer um trabalho escrito sobre a aula? Ok, vai fazer. Eles têm o horário das aulas, se não conferiram, têm que arcar com as consequências.

Fazemos isso porque acreditamos que eles precisam entender o que cabe a eles e a nós. A escola é responsabilidade deles e a única obrigação.

E por que isso interfere na decisão de viajar ou não com os filhos durante as aulas?

Porque se eles não tiverem o hábito de arcarem com as consequências de seus atos, quando se depararem com uma prova com mais assunto, ou com a necessidade de fazerem sozinhos uma atividade ou trabalho que foi feito em grupo durante a viagem, eles vão cobrar de nós pais.

Vão dizer “preciso fazer isso agora porque vocês resolveram viajar durante as aulas” ou coisa parecida.

Isso é muito comum de acontecer. Já ouvi mães comentando que na volta de uma viagem foram à escola falar com a professora pra relevar a entrega de um trabalho porque o filho teria que fazer sozinho enquanto os demais alunos fizeram em grupo. Como assim? Tudo tem um preço gente.

Por isso digo que nosso comportamento enquanto pais interfere e muito em conciliar viagens com os filhos e escola. Nossas atitudes diárias refletem diretamente nas reações deles. Como agimos diante deles e das decisões da escola.

Por fim…

Cada família tem suas convicções, forma de pensar, de agir e discernir o que é melhor para seus filhos. Mas deixamos aqui nossas dicas de como fizemos até hoje e que vem dando certo.

Nossos filhos nunca tiveram problemas na escola por causa das viagens e olhe que já passamos 28 dias com eles de abril pra maio numa viagem quando tinham 9 e 12 anos :).

O que achamos importantíssimo é que as crianças tenham consciência da importância da escola e saibam que só faltarão aulas por causa de viagens dentro de um planejamento entre nós e a escola.

Com os meninos maiores as viagens mais duradouras em épocas de aulas ficam entre 8 e 10 dias, isso incluindo 2 finais de semana.

Veja como planejar uma viagem em família para Las Vegas

viagens-com-os-filhos-e-escola-4

Em Las Vegas numa viagem de 10 dias em outubro de 2015

Bom, vou parar por aqui que esse post já está longo demais. É que como sempre passamos por essa situação, já temos uma cartilha de como agir. Quer dizer, de como NÓS ACHAMOS MELHOR FAZER.

E para tornar esse post ainda mais completo, segue uma lista dos outros blogueiros que viajam com seus filhotes e que toparam contar como fazem para resolver esse dilema.

Para acompanhar tudo sobre essa blogagem coletiva, acompanhe a #ViagemEEscola nas redes sociais. Tenho certeza que irão ficar muito satisfeitos com o que vão encontrar :).

Blogs participantes da blogagem coletiva

1 –  Viagens que Sonhamos – Como conciliar viagens e o ano letivo das crianças | A nossa experiência 
2 – Viajar hei Como conciliar viagens e o ano escolar das crianças?
3 –  Vamos Por Aí –
 Como conciliar viagens e o ano letivo das crianças?
4 – Diário de Viagem – 
Note como conciliar ano letivo e viagens com crianças
5 – Viajo com filhos – 
Como conciliar as viagens e as escolas das crianças
6 – Felipe, o pequeno viajante
Como conciliar escola das crianças com viagens
7 – Família Viagem – Como conciliar viagens e escola dos filhos
8 – Viajando em Familia  –
Como conciliar viagens e escola dos filhos
9 – Do RS para o Mundo 
Como conciliar ano letivo e viagens
10 – Passeiorama – Blogagem coletiva férias
11 – De Primeira Viagem – 
Como conciliar escola e viagens
12 – TripBaby – 
Dá pra viajar durante o ano escolar
13 – Dicas da Rege 
http://dicasdarege.com/?p=2936&preview=true
14 – Trilhas e Cantos – 
Conciliar escola e viagens
15 – Andreza Dica e Indica Dicas para conciliar viagens e escola
16 – O Rei do Hotel
Como conciliar escola com as viagens
17 – Ases a Bordo
Como conciliar viagens e escola
18 – No Mundo com a Gente
Como conciliar viagem e escola
19 – Ferinhas Viajantes –  
Viajar ou não viajar com os filhos fora das férias – eis a questão
20 – Vem pro Parque – 
Conciliar viagens e escola
21 – Malas e Panelas 5 dicas para conciliar viagem com escola e não ter stress
22 – Para a Disney e além  
O desafio de viajar com criança em época de aula
23 – Descansa na Volta
Como conciliar viagens e escola – Nossa Teoria da Resistência
24 – Roteiro Renatours
Blogagem Coletiva: Como conciliar viagens e ano letivo
25 – Espelho de Si Como conciliar ano letivo com as viagens?
26 – Gosto e Pronto
Como conciliar ano letivo e viagens – Nossas experiências.
27 – Vem Que Te Conto!-  
Viagens em família e ano escolar
28 – Malas & malinhas –
Como conciliar viagens e escola?
29 – MEL a Mil pelo mundo –
Como conciliar viagens e escolas pela nossa experiência

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Real SegurosAlugar seu carro com a RentalCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na EasySim 4U e Travel Mobile

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
·
Categorias:
Mil Assuntos

Comments

  • Adorei! Sabes que também já viajei com as filhas em período de aulas e nunca tivemos problemas. Muito pelo contrário – é um estímulo para elas que são responsáveis e tiram notas boas. Inclusive, ontem meu esposo propôs à mais nova que se ela obtiver média 9 nos dois primeiro bimestres do ano que vem, faremos uma viagem fora das férias em 2018. Ela topou! Bjs.

    Michela Borges Nunes 09/10/2016 10:37 Responder
    • Olá Michela que bom que você nos visitou aqui:). Esse assunto merece uma atenção muito especial de nós pais, depende muito do perfil dos filhos, se numa primeira experiência eles se enquadraram bem, então não seria nada do outro mundo tirá-los alguns dias das aulas, mas acreditamos que sempre num planejamento conjunto entre a família e a escola e deixando bem claro que para faltarem aulas tem que ter motivo bem plausível.

      Cynara Vianna 09/10/2016 10:45 Responder
  • Cynara, concordo com você. Aqui em casa estou ensinando o meu pequeno a arcar com as suas responsabilidades. Acho que temos que ter uma postura firme e mostrar que a escola é responsabilidade deles.
    Viajo com meu pequeno e acho que até hoje ele não foi prejudicado por isso, mas quando voltamos de viagem ele já sabe que terá que repor toda a matéria.

    Ana Carolina MIranda 09/10/2016 12:19 Responder
    • Exatamente Carol, nossa postura interfere e muito no comportamento deles. Aqui em casa só faltam aula quando estão doentes (coisa que muito raramente acontece) ou para viajar. E vão sabendo o que terão na volta kkk.

      Cynara Vianna 09/10/2016 12:23 Responder
  • Oi Cynara!
    Ah, senso de responsabilidade, como é importante.
    Por isso mesmo acredito que no retorno de uma viagem durante o período letivo, a responsabilidade com a recuperação do conteúdo não é somente da escola. Os alunos, juntamente com a família, devem se esforçar, dedicar e recuperar o que foi perdido.
    Bjo e obrigada pela sua visita lá no Diário de Viagem.

    Adriana Pasello 09/10/2016 14:42 Responder
    • Exatamente Adriana, é isso que pensamos e fazemos aqui em casa. Afinal, quem decide viajar em época de aulas somos nós pais :). Bjs e eu que agradeço sua visita.

      Cynara Vianna 10/10/2016 09:46 Responder
  • Oi Cynara, acho que é bem por ai!! A gente tem que analisar várias coisas antes de escolher as datas, principalmente com filhos maiores como os nossos. Com o passar do tempo, mudamos um pouco nossas convicções e eles cobram um pouco mais da gente também. Não existe fórmula mágica e nem certo ou errado. Cada família tem seu estilo! Um bj

    Debora Seg 09/10/2016 15:47 Responder
    • Pois é Debora,quando fizemos nossa viagem mais longa durante o ano letivo nosso filho ais velho porque não poderia faltar quase 1 mês de aula na faculdade, já em outra viagem mais curta, ele já havia se formado, tirou férias do trabalho e nos acompanhou. São etapas que passamos e precisamos ir nos ajustando. Bjs.

      Cynara Vianna 10/10/2016 09:52 Responder
  • Muito bom , Cynara! Eu também sempre gostei de incentivar a responsabilidade do Dudu com a escola. quando ele perdeu 2 semanas de aula, conseguiu se virar sozinho. Isso vale pra tudo na vida deles, né? Um beijo!

    Renata Ungier 09/10/2016 18:18 Responder
    • Com certeza Renata, acho primordial delegarmos às crianças suas responsabilidades desde bem cedo, de acordo com as idades claro. São atitudes que ficarão para sempre. Bj

      Cynara Vianna 10/10/2016 09:53 Responder
  • Oi, Cynara. Muito legal teu post. Por aqui nem pensar em faltar mais do que dois dias de aula… bj

    Andrea 09/10/2016 18:27 Responder
    • É mesmo Andrea? Mas nas férias vocês compensam Valentina :). Bjs

      Cynara Vianna 10/10/2016 09:53 Responder
  • O problema é a tal consciência tranquila Cynara 🙁
    Fiquei me sentindo culpada ano passado quando o Lipe faltou 10 dias e depois passou trabalho para recuperar…mas uma coisa importante que tu mencionou é a parceria com a escola, fazer provas antes de viajar, combinar com eles…cada escola é uma escola, mas essa flexibilidade seria definitiva na minha escolha por uma determinada escola 🙂

    Claudia Pegoraro 09/10/2016 20:43 Responder
    • É verdade Claudia, a gente sabe que eles terão mais trabalho na volta de uma viagem e temos pena mesmo, mas Lipe ainda é bem pequeno, aqui os nossos já são maiores e topam numa boa e não reclamam até porque se reclamarem sabem que na próxima iremos pensar 2 vezes se irão ou não kkk. E a escola tem um papel muito importante em todo o processo também.

      Cynara Vianna 10/10/2016 09:56 Responder
  • Realmente não é fácil conciliar a escola e as viagens, mas nada que uma boa dose de bom senso não resolva. Nós viajamos sempre com os nossos filhos, um tem 13 e outro só tem 4 anos. Parabéns pelo artigo. passaportenobolso.wordpress.com

    passaporte no bolso 10/10/2016 09:30 Responder
    • É isso aí, tudo com bom senso e planejamento dá certo :).

      Cynara Vianna 10/10/2016 09:56 Responder
  • Cynara, você levantou questões super importantes… tudo tem quer tão bem pensado! E sempre com a certeza de que quem vai sentir e sofrer no retorno da viagem são eles, sempre. pequeninos ou grandinhos, sempre sofrerão alguma consequência dessas faltas. E como lidamos com isso junto á eles é o segredo do sucesso. Bjs

    Daniela Xavier 10/10/2016 10:16 Responder
    • Obrigada Daniela, o ponto principal é todos estarem cientes com o que virá na volta :). Bjs.

      Cynara Vianna 10/10/2016 10:53 Responder
  • Bem bacana teu depoimento, é bom ler e saber como funciona com filhos ainda maiores que os meus (que tem 13 e 7, quase 8).

    Tenho achado bem complicado, às vezes rola emendar um feriado ou fim de semana, mas viagens longa mesmo… só na alta temporada 🙁

    ai, ai

    Patricia Papp - Viajo com Filhos 10/10/2016 12:22 Responder
    • Acho que cada viagem merece uma atenção diferente Patrícia. Alguns fatores contribuem para que tomemos a melhor decisão para nossos filhos, mas até hoje nunca nos arrependemos das férias fora de hora que proporcionamos a eles porque eles sempre corresponderam muito bem às responsabilidade na volta. Atualmente fazemos viagens mais curtas e próximo ano nem isso será possível porque meu filho do meio estará no 3º do Ensino Médio, terá alguns dias de férias apenas em julho. Vou ver o que consigo planejar até pra ele espairecer um pouco dos estudos.

      Cynara Vianna 10/10/2016 14:04 Responder
  • Cy, que abraço eu recebi agora. Tão bom ler seu post. Minha filha mais velha dá conta tranquila do recado. Fiquei realmente emocionada ao ver o que você escreveu. Isso só reforça o que eu penso, se a criança/adolescente tiver responsabilidade, estudar e na escola tiverem uma boa parceria é bem possível viajar dentro do período letivo.

    Lindo demais! :*

    Trícia Ferreira 10/10/2016 17:24 Responder
    • Fico muito feliz em saber disso Trícia :). Que bom saber que compartilhamos da mesma opinião. Bjs.

      Cynara Vianna 10/10/2016 20:37 Responder
  • Cy,
    Muito bom ler um relato de mãe mais experiente dizendo que é possível continuar viajando.
    Esse ano, esse assunto me deixou muito apreensiva, mas sobrevivemos.
    No final das contas, tudo é questão de se adaptar. E concordo contigo, sobre a responsabilidades deles como alunos.
    Beijos, Fran

    Fran Agnoletto 10/10/2016 19:02 Responder
    • É isso Fran, Dodô entrou uma fase da escola que exige mais empenho mas não é o fim do mundo faltar uns dias de aula, ele vai aprender tantas outras coisas durante a viagem né? Bjs.

      Cynara Vianna 10/10/2016 20:39 Responder
  • Oi Cynara, é importante mesmo que as crianças aprendam a dosar responsabilidade com lazer… Conciliar alguns dias de aulas com férias e depois “correr atrás do prejuízo”, né?

    Débora Galizia 11/10/2016 01:27 Responder
    • Exatamente Débora, assim elas saberão que tudo tem um preço e que devemos arcar com nossas decisões :).

      Cynara Vianna 11/10/2016 07:28 Responder
  • Planejamento é tudo mesmo. Acho importante conciliar e ter pé no chão quando planejamos uma viagem , considerando sim os contras e o a favor. Adorei seu post, bem completo.

    Tatiana 11/10/2016 23:13 Responder
    • Obrigada Tatiana :).

      Cynara Vianna 14/10/2016 09:50 Responder
  • Cynara, acho que você colocou um ponto bem interessante que é ensinar as crianças a ter responsabilidade, que vão viajar mas que no retorno precisarão se esforçar para dar conta do que perderam. ótimo ler sua experiência. bjs

    Bárbara 13/10/2016 13:34 Responder
    • Adorei ver você por aqui Bárbara. Bom saber que nossa experiência pode ajudar outros pais que ainda não entraram na fase mais complicada sobre o assunto :). Bjs.

      Cynara Vianna 14/10/2016 09:51 Responder
  • Cynara, esse ano fizemos uma viagem em maio. Isaac perdeu 8 dias de aula. As notas dele melhoraram! Deu um certo trabalho, tanto para ele, quanto para nós, mas desde pequeno passamos para ele que viajar é um privilégio, fora das férias então, um verdadeiro luxo, que só quem é esforçado pode usufruir.
    Abraços!
    Patricia Tayão.
    wwww.viajarhei.com
    @viajarhei

    Patricia Tayão 17/10/2016 17:21 Responder
    • Quando viajamos com tudo combinado antes com as crianças e com a escola Patricia, as coisas se encaixam. Que bom que essa experiência foi positiva pra vocês. Bjs.

      Cynara Vianna 18/10/2016 09:12 Responder
  • Cynara, muito bom ler o seu texto e ver que estamos no caminho certo, sem contar que sempre podemos adicionar uma de suas dicas em nossa lista! Um grande abraço dos Ferinhas.

    Ana Paula Lima (Ferinhas Viajantes) 19/10/2016 16:05 Responder
    • Obrigada Ana Paula. A troca de experiência sempre traz benefícios. Bj

      Cynara Vianna 19/10/2016 20:45 Responder
  • Bom saber a ótica de quem já tem filhos mais velhos, estou bem ansiosa para ver como serão nossas férias depois que o mais velho entrar no primeiro ano!

    Guaciara 22/10/2016 20:34 Responder
    • Vai dar tudo certo Guaciara, basta acompanhar bem o desempenho dos filhos na escola para mensurar como seria na volta de uma ausência de alguns dias.

      Cynara Vianna 23/10/2016 16:36 Responder
  • Oi Cynara, sabe aqueles textos que você lê com prazer? Seu post tá assim, parabéns! E obrigada pelas dicas, é um post inspirador, imagino seu pulso forte para lidar com todos esses homens, hehehe. Bjs Angelica @descansanavolta

    Angelica Figueiredo 29/10/2016 00:04 Responder
    • Obrigada Angelica, fico muito feliz em ler suas palavras.Estar entre 4 homens não é nada fácil mas em compensação sou a princesa da casa kkk. Bjs.

      Cynara Vianna 31/10/2016 09:47 Responder
  • Você deve ter muito orgulho dos filhos responsáveis que criou! Com certeza isso facilita muito na decisão de faltar aulas para viagens. Muitos parabéns!!!

    Vem que te Conto! 02/11/2016 13:14 Responder
    • Tenho mesmo viu, não vou negar…trabalhar em homeoffice me possibilitou um contato maior com eles, um acompanhamento mais de perto, isso não tem preço. Com certeza se eles não fossem bons alunos nossas viagens teriam que ser sempre nas férias. Obrigada.

      Cynara Vianna 03/11/2016 10:08 Responder
  • Oi, Cynara! Por seus filhos já serem mais velhos, é muito legal ver a experiência e como você foi adaptando e pondo em prática as mais diversas viagens dependendo das idades. Conforme a Cleo for crescendo vou recorrendo a algumas dessas dicas! 🙂 bjs! Carlos.

    Carlos Augusto Monteiro 05/12/2016 13:44 Responder
    • Oi Carlos, que bom saber que poderemos ajudar aos pais de crianças menores. Volte mesmo. Bjs

      Cynara Vianna 05/12/2016 14:46 Responder

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title