Esse texto também está na Revista dos Blogs Experts em Viagens com Filhos onde há mais 35 matérias dos mais variados assuntos sobre viagens em família. A revista foi lançada em comemoração ao primeiro ano do portal Viagens com Filhos. É gratuita e para baixar basta entrar aqui.

Você pode divulgar para outras famílias que têm alguns receios em viajar com os filhos por tantos motivos diferentes, com certeza muitos mitos serão quebrados e as viagens em família farão parte das vidas de muitas delas. Repasse o link e vamos estimular esse hábito que ajuda a todos a vermos o mundo de forma diferente.

E aqui nossos truques para mantermos em nossa rotina o hábito de sairmos por aí com nossos meninos embaixo do braço :).

Seus filhos estão chegando na adolescência e não querem mais fazer viagens em família? Durante a viagem mostram indisposição e desânimo para os passeios? Fazem birra para as fotos?

Essas e outras questões são bem frequentes em conversas entre pais que têm o hábito de viajar em família e que à medida que os filhos vão crescendo percebem esse tipo de comportamento. Ficam sem saber o que fazer, muitas vezes até desistem da viagem por não estarem dispostos a encarar dias tensos.

Qual o lugar que poderemos ir em família e que poderá agradar a todos? As crianças têm idades bem diferentes, gostam de coisas variadas, têm temperamentos opostos. O que fazer para que todos curtam com tranquilidade a viagem? Todos nós pais fazemos essas perguntas quando estamos começando a pensar naquela viagem nas férias.

Depois de todo aquele planejamento no orçamento para vermos o tamanho do passo que poderemos dar, a escolha do destino vem como um soco no estômago porque nossas ‘crianças’ estão fazendo beicinho ou não mostram nenhuma empolgação para passer alguns dias das férias escolares na companhia dos pais e irmãos, quando é o caso.

Em nossa família somos 5 pessoas, eu (Cynara), Ricardo meu marido e 3 filhos, Victor (31), José Ricardo (19) e Arthur (15). O  mais velho trabalha e está cursando a segunda universidade, o do meio ingressou esse ano na faculdade e o caçula está no Ensino Médio.

Truques para viagens em família

Como viram, nossos ‘meninos’ já estão bem crescidos e sim, viajamos juntos e na volta já pensamos na próxima viagem ainda quando estamos no avião.

⇒ Leia também Viajar em família: 10 dicas que só uma mãe viajante pode dar.

Não viajamos com eles quando eram bebês, nossas viagens com e sem eles começaram quando estavam com mais de 3 anos, foi uma opção nossa e não nos arrependemos disso, cada família tem seu planejamento e objetivos. Mas quando começamos a ultrapassar fronteiras por aí, era muito mais fácil escolhermos para onde ir quando eram crianças, apesar da grande diferença de idade entre o mais velho e o do meio, não tínhamos problemas com isso.

O tempo foi passando e quando começávamos a comentar sobre uma viagem percebíamos que eles ficavam observando, algumas vezes em silêncio, outras perguntavam se iríamos viajar em família ou só Ricardo e eu.

Vimos que havia chegado a hora de incluirmos os meninos no planejamento da próxima e desde então tem sido assim.

Muita gente pergunta como conseguimos fazer um roteiro que tenha atrativos para todos. Nosso ‘segredo’ se é que posso chamar assim, é muito simples. Sentamos juntos e vamos conversando a respeito. Damos algumas opções que pensamos, acontece de uma delas ser acatada pelo grupo e em outras eles propõem e analisamos se estão dentro do que havíamos pensado – financeiramente falando. E assim não tivemos problemas em nossas viagens com nossos filhos hoje adolescente e 2 adultos.

Victor, o mais velho, não nos acompanha sempre porque tem seus compromissos de trabalho mas quando possível ele vai e divide o quarto com os irmãos. E eu adoro porque ele é super organizado e se encarrega de fiscalizar a disciplina dos outros com as malas e bagunça no quarto. Bem irmão mais velho.

E sobre os detinos? Minha resposta é: os pais que conhecem bem os flhos sabem do que cada um gosta e do ritmo que aguentam. Eu pesquiso atrações que podem agradar pelo menos a 1 por dia, por exemplo, hoje é o ‘dia de Arthur’, isso quer dizer que o passeio principal será pensando nele e os outros terão seus dias também. Sentamos juntos e vamos discutindo sobre as escolhas.

Dependendo da duração da viagem todos têm 2, 3 ou mais dias ‘seus’ e nós também entramos nesse rodízio. Como eles já estão crescidos, já aconteceu de Ricardo e eu irmos para um passeio de barco e José Ricardo e Arthur irem para o museu de ciência em Boston. Como estávamos de carro, deixamos os meninos na entrada e marcamos uma hora para pegarmos na saída.

Defendemos a ideia de que não há destino direcionado para uma idade, ao contrário de muita gente que pensa que Orlando só agrada a crianças pequenas e Las Vegas, New York e Londres são só para adultos. Discordamos totalmente disso. Para exemplificar como encaramos o tema, José Ricardo teve a opção de escolher uma viagem no aniversário de 15 anos, poderia ir numa excursão com amigos do colégio ou viajar em famíia.

Qual a escolha dele? Viajar em família para Las Vegas. Eu e Ricardo gostamos muito da cidade e de tanto ouvir nossos comentários em casa ele queria muito conhecer. Fomos os 5, passamos 10 dias e ele escolheu um restaurante tailandês para comemorarmos o aniversário.

Depois dessa viagem voltamos os 5 à Las Vegas a pedido deles. New York é outro exemplo, fomos juntos 3 vezes e Victor nos acompanhou em 2.  Arthur ganhou uma viagem como presente de 15 anos onde vai passer mais uma semana na cidade e está super animado com uma lista do que ainda não viu apesar de estar indo numa excursão com roteiro mais amarrado.

Viagens em família

Incentivamos sempre os amigos a planejarem viagens em família independente das idades dos filhos, são momentos que nunca sairão das memórias deles e das nossas. Quando pegamos um álbum de fotos – eu imprimo e monto sim – rimos muito quando vemos fotos deles pequenos, lembramos de lugares juntos e isso é maravilhoso.

Como mãe de quase 3 homens, quero estar o máximo possível contando com a companhia deles e agora que estou com 3 noras estou vendo que a família está crescendo e que cada um tem sua rotina e projetos, mas serei insistente em mantê-los coladinhos aos pais em qualquer lugar.

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.