As contas digitas chegaram com tudo no mercado financeiro e pelo jeito não serão uma onda, vieram para ficar. Junto com elas apareceu a modalidade conta global, que nada mais é do que ter dólar e/ou euro numa conta corrente.

Nós temos a conta global do C6 Bank – aproveitando para avisar que esse post não é publi e sim mais uma dica que estamos registrando depois de termos testado essa maneira de ‘levarmos’ moeda para o exterior.

Abrimos a conta no C6 já com a intenção de adquirirmos a conta global para termos como opção em nossa viagem de 18 dias pela Espanha e Portugal.

Como abrir a conta global

A primeira coisa a fazer é baixar o app do C6 Bank. Depois de instalado, siga os passos à medida que forem solicitados. Feito isso, é aguardar uns dias para saber se seu cadastro foi aprovado e sua conta aberta.

Quando receber a aprovação da conta, o próximo passo é solicitar o cartão, podemos escolher a cor e o tipo. Quando abrimos nossa conta, a opção conta global apareceu logo depois, mas conheço pessoas que essa opção demorou um pouco para estar disponível, contudo outras que assim como nós, tiveram acesso logo depois da conta aberta.

De inicio recebemos o cartão padrão da conta, solicitados a global e uns dias depois recebemos o cartão dela. Não pagamos nenhuma taxa, contudo uma amiga recentemente solicitou e disse que o cartão da conta global foi cobrado. O valor cobrado foi R$ 151,00 (convertendo pois foi cobrado em U$).

⇒ Uma coisa importante, não é preciso fazer depósito inicial para abrir a conta digital.

Como fazer o câmbio na conta global

Antes de mais nada é preciso depositar dinheiro em Real na conta corrente. Feito isso já pode fazer o câmbio para dólar ou euro. Estão disponíveis contas em Dólar e Euro tá?

Veja o passo-a-passo

Entre na conta, clique nos 3 pontinhos (veja seta na foto). Vai entrar então outra tela, vá em C6 câmbio.

Como abrir uma conta global

Escolha a conta (dólar ou euro), coloque o valor que pretende usar. Clique então COTAR. Vai aparecer o valor na moeda escolhida e embaixo os dados dos valores que são o spread do câmbio e o IOF. No final o valor total pago considerando a soma de tudo.

Um detalhe: Já cotei fora do horário ‘bancário’ e percebi que o spread é maior (veja na foto a simulação). Dessa forma, é sempre ideal fazer o câmbio considerando o horário do mercado financeiro, a não ser em casos de emergência é claro.

Feito o câmbio, recebemos por email com a confirmação e o valor estará na hora na conta global correspondente. Mais fácil impossível.

Usando em viagem

Na primeira viagem que fizemos já tendo a conta global, levamos uma parte da moeda em espécie e transferimos um montante pequeno para a conta digital para testarmos. Chegando na Europa usamos tranquilamente nas máquinas de débito em lojas, restaurantes e terminais de auto-atendimento para compra de ticktes de metrô. Foi muito prático.

Outra coisa que achamos muito boa, percebemos a necessidade de termos mais euros nos 3 últimos dias de viagem. Eu fiz uma transferência da conta do Banco do Brasil para o C6 e logo depois fiz o câmbio. E pronto!

Em resumo:

  • É mais seguro por não termos que levar moeda em espécie;
  • Rapidez na hora de fazer o câmbio, basta estar conectado;
  • O câmbio entra na conta na mesma hora;
  • O valor da cotação é praticamente o mesmo do usado na compra de moeda em casa de câmbio (comparamos 2 vezes e a diferença foi muuuito pequenas, na casa dos R$ 0,02;
  • Podemos transferir aos poucos. Isso tem 2 vantagens: dilui o peso no orçamento e no final temos uma boa média no valor do câmbio;
  • Em compras até 50€ basta aproximar o cartão e não precisamos colocar senha.

A partir de agora a conta global entrou em nossa rotina de viagem. Vamos mês a mês fazendo câmbio nas contas de acordo com nossa programação de viagens.

O Banco Inter também está com a opção de conta global, mas não podemos falar a respeito por não termos, mas fica a dica para quem já tiver conta digital lá.

Agora nos siga no FacebookInstagramtwitterYouTube e no Pinterest.

ORGANIZE SUA VIAGEM SEM SAIR AQUI DO BLOG. VOCÊ PODE:

Reservar hotel pelo Booking;
Comprar seu seguro viagem com a Seguros Promo;
Alugar seu carro com a RentCars;
Escolher seu chip pré-pago para usar em todo o mundo no Viaje Conectado ou no Omeuchip;
Encontrar passes turísticos GoCity;
Comprar ingressos, contratar tour e transfers no Get Your Guide;
Passagens aéreas com Passagens Promo;
E ainda comprar pacotes de viagens e passagens aéreas no Hotel Urbano