Quando estamos com um destino para uma viagem em mente, sempre damos uma olhada no que tem por perto, nas possibilidades de irmos às cidades vizinhas e para isso o tempo dos deslocamentos e as distâncias sempre são fatores decisivos. São as chamadas viagens bate e volta.

Apesar de ser uma forma de conhecermos mais aproveitando a proximidade de cidades ou lugares que temos interesse, nem todo viajante se enquadra nesse tipo de formato. Há quem prefira dormir no lugar, acordar e aproveitar o dia todo com toda calma. Mas também há quem encare acordar mais cedo para seguir viagem para aproveitar o máximo possível da cidade vizinha e voltar para a base onde estava.

Mas as viagens bate e volta não são apenas aquelas que vamos e voltamos no mesmo dia para o lugar de partida. Podemos sair de um destino e ir parando em outros pelo caminho voltando ou não para onde partimos ou podemos seguir viagem e dormir em outro destino e dele partir para outros. Foi isso que fizemos na Itália, saímos de Florença, fomos de carro para Siena, no outro dia saímos de lá, passamos por San Gimignano e seguimos estrada até Milão.

Bate e volta

San Gimignano

O bate e volta significa uma passagem rápida, curta, mas não necessariamente aquela onde não pernoitamos no destino.

Em praticamente todas as nossas viagens fazemos algum bate e volta e já experimentamos todos os estilos que citamos, desde ir e voltar para a cidade de origem como sairmos de carro parando onde queríamos até chegarmos ao destino pretendido com e sem pernoite.

Nossas viagens bate e volta

Foram muitas até agora, daria para fazer um post índice mas nossa intenção é mostrar que há várias formas de programar passeios/ viagens nesse formato. Vamos deixar aqui relatos de algumas de nossas viagens bate e volta como também de outros blogs que têm o que contar e acrescentar.

O que levar em conta na hora de escolher o destino

Para nós o mais importante é estudarmos as cidades ou atrações vizinhas para vermos o que nos interessa. Não é porque um amigo foi a tal lugar e amou que vamos colocá-lo no roteiro sem sabermos o mínimo que podemos encontrar lá. Só vamos se tivermos alguns pontos de nosso interesse e não para marcarmos no mapa mais uma cidade que conhecemos.

Para isso:

  • Veja a distância entre a cidade que você está e a que pretende ir;

Em nossa segunda viagem para a França resolvemos fazer um bate e volta de Paris para Mont Saint Michel, quando pesquisamos vimos que havia a possibilidade de irmos de ônibus (saindo bem cedo e voltando no começo da noite) mas resolvemos alugar um carro apenas para aquela viagem. Porém não prestamos atenção a um pequeno detalhe, para nós seriam 140km, mas na verdade eram 150 milhas. A viagem que pensávamos durar 1:30h mais ou menos, durou quase o dobro e com isso tivemos que conhecer o lugar com mais pressa pois ainda teríamos que voltar para Paris e não queríamos chegar tarde da noite para devolvermos o carro à locadora.

Gostamos tanto e como foi tudo bem corrido, quando voltamos ao país anos depois, resolvemos voltar mas daquela vez pernoitamos no Mont Saint Michel e aí sim, foi perfeito.

Bate e volta

  • Pesquise os melhores meios de transporte, se estiver de carro, veja se há pedágios e postos de gasolina;
  • Caso opte por ir de ônibus ou trem, chegue com pelo menos 40 minutos de antecedência para localizar o local do embarque sem pressa.

Fizemos duas viagens bate e volta de trem na Europa, que para nós é o melhor meio de transporte para se locomover entre pequenas e grandes distâncias por lá. Fomos de Madrid para Toledo e em outra viagem de Madrid para Córdoba.

Bate e volta

Mesquita de Córdoba

Em Portugal alugamos um carro e conhecemos 3 cidades próximas partindo de Lisboa (Óbidos, Cascais e Sintra) e foi uma delícia.

Pelo Brasil as opções também são muitas, se formos listar dicas aqui seria uma lista imensa, então escolhemos indicar o post do blog Uma Viagem Diferente sobre 12 cidades para um bate e volta em São Paulo.

Na Inglaterra, minha irmã e o marido conheceram 4 cidades partindo de Londres em 3 dias de viagens usando o passe de trem e na Holanda conheceram 3 cidades partindo de Amsterdam. Todas viagens bate e volta indo e voltando no mesmo dia para Londres e Amsterdam onde estavam hospedados.

Bate e volta partindo de Londres

York

Bate e volta na Holanda

Parque de tulipas na Holanda

Planeje o que fará  no destino

  • Chegue ao destino com pelo menos um planejamento do que pretende conhecer para não perder tempo à procura do que ver e como chegar;
  • Caso sua viagem seja no final de semana ou feriado local, confirme se o que pretende visitar estará aberto, o mesmo para lugares para comer.

Compramos as passagens para passarmos uma semana em Fort Lauderdale para fazermos umas compras para nosso apartamento que estava próximo de ser entregue, mas depois de compradas percebemos que estaríamos no Thanksgiving que é um feriado onde praticamente tudo fecha no país. Como percebemos antes de sairmos do Brasil, planejamos passar o dia em Naples.

Bate e volta de Fort Lauderdale para Naples

Naples

Em outro dia nessa mesma viagem, tiramos uma folga das compras e fomos conhecer várias cidades vizinhas à Fort Lauderdale, foi um dia bem diferente onde passamos por várias praias, valeu demais o passeio.

Bate e volta não é só para outra cidade, pode ser para uma atração que fica fora de onde estamos

O conceito de bate e volta não se restringe a uma outra cidade, sairmos de onde estamos para passarmos o dia num lugar que fica fora da cidade onde estamos também é um bate e volta concorda? Visitas à vinícolas, a parques ou qualquer outro tipo de atração onde passamos algumas horas se incluem nesse conceito de viagem.

Veja o post do blog Vem por Parque sobre um passeio bate e volta ao Wet’n Wild SP. 

Estávamos em Los Angeles com um carro alugado pegamos a estrada para Las Vegas e no caminho fomos conhecer uma Vinícola em Temecula Valley na California. Aproveitamos que estávamos em Nashville e seguimos de carro para a Destilaria Jack Daniel’s, foi um passeio maravilhoso.

Bate e volta para a Destilaria Jack Daniel's

Não poderíamos deixar de mencionar a visita a Versalhes, como ir à Paris e não aproveitar a proximidade para conhecer aquela maravilha e ainda a visita ao Castelo de Neuschwanstein na Alemanha.

Há destinos que não precisam de muitos dias

Nem todas as cidades são maravilhosas e têm muitas coisas para conhecermos, como também há certos lugares que não precisam de mais de 1 dia ou poucas horas para vermos o que nos interessa. Isso não quer dizer que não sejam interessantes ou que não valham a pena, muito pelo contrário, apenas que são pequenos ou restritos a algumas atrações.

Eu sonhava em conhecer Machu Picchu, passamos uma semana em Cusco e fizemos um bate e volta com pernoite em Águas Calientes para no outro dia subirmos a montanha. Foi maravilhoso mas pra nós, não é um destino que peça mais do que o tempo que passamos (1 noite e voltamos no final da tarde do outro dia). Voltamos encantados e recomendamos a todo mundo um dia ir lá.

Bate e volta de Cusco para Machu Picchu de trem

Outro lugar semelhante para nós é o Grand Canyon South. Não somos adeptos de ecoturismo, mas queríamos muito conhecer. Partimos de Las Vegas logo cedo, aproveitamos o resto do dia no parque e o amanhecer para vermos o sol nascer. Partimos de volta no meio da manhã e ficamos satisfeitos.

Grand Canyon South num bate e volta de Las Vegas

Escolher os destinos ou as atrações para aproveitar um bate e volta depende muito do estilo de viajante e interesses de cada um. Na verdade vemos como escolha de hotel sabe? Nós podemos ter adorado um hotel, indicar aqui e você chegar lá e não gostar não é verdade? Mas nossas impressões estão registradas aqui para, quem sabe, inspirar mais e mais viajantes a aproveitaram todo o tempo possível nas suas viagens.

Como disse, são tantas sugestões que teríamos para dar que a lista seria gigante e ainda ficamos de olho nas viagens de outros viajantes. Pretedemos ir ao Japão em breve, quando vimos o post sobre bate volta de Tóquio do blog Let’s Fly Away favoritamos e claro que quando a viagem estiver no gatilho voltaremos a ler para relembrarmos as dicas.

Deu pra perceber que somos adeptos sim às viagens bate e volta, já passamos por perrengues como o da primeira vez para Mont Saint Michel, mas foi por nossa culpa por não termos prestado atenção às informações. Imprevistos acontecem e vamos encarando-os como fatos de viagem. O importante é ter a mente aberta a novos desafios e algumas viagens bate e volta tornam-se uns, pode acreditar, mas no final sempre valem a pena.

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no FacebookInstagramtwitterYouTube e no Pinterest.

ORGANIZE SUA VIAGEM SEM SAIR AQUI DO BLOG. VOCÊ PODE:

Reservar hotel pelo Booking;
Comprar seu seguro viagem com a Seguros Promo;
Alugar seu carro com a RentCars;
Comprar seu chip pré-pago para mais de 200 países na EasySim4U;
Comprar ingressos, contratar tour e transfers na WePlann ou Get Your Guide;
E ainda comprar pacotes de viagens e passagens aéreas no Hotel Urbano

Para salvar no Pinterest

Bate e volta