Entre nossos passeios pelo  Vale Sagrado, Machu Picchu e para os sítios arqueológicos perto de Cusco, aproveitamos para conhecer o máximo que pudemos a culinária peruana e para isso nossas refeições foram em 7 lugares diferentes além de um jantar no hotel depois de um dia bem cansativo de passeios.

Aqui uma lista de onde comer em Cusco, incluindo restaurantes que resolvemos entrar sem indicação, uns que tínhamos visto comentários positivos e ainda outros que fizemos reservas com antecedência antes mesmo da viagem para garantirmos uma mesa.

Comemos várias iguarias tradicionais como também fomos a restaurantes que tinham nos cardápios opções mais variadas, nós fizemos um tour gastronômico de acordo com nossos gostos. Voltamos muito satisfeitos, comemos muito bem e os preços são muito bons quando comparamos com os que costumamos pagar aqui no Brasil em restaurantes do mesmo estilo.

Foram 4 almoços e 3 jantares, cada um num restaurante diferente mas todos oferecem opções para as duas refeições. Nós escolhemos entre almoço e jantar de acordo com nosso roteiro.

Onde comer em Cusco – Almoço

Papillon Restaurant

Chegamos nele por acaso, nosso guia nos deixou na Plaza de Armas após nosso passeio daquele dia. Pedimos indicação e ele nos falou sobre restaurantes que ofereciam menu turístico, aquele esquema de comida típica onde pagamos um valor fixo pela entrada + prato principal + sobremesa mas o cardápio é bem restrito e em alguns lugares não há opções, é o prato do dia.

Esse não é nosso estilo de refeição muito menos em nosso primeiro almoço em Cusco e outra coisa, não estávamos com muita fome, queríamos sentar num lugar sossegado e comermos o que tivéssemos vontade de acordo com o cardápio.

Andando pela Plaza de Armas vimos um terraço no primeiro andar de um dos prédios que circundam a praça e resolvemos subir para vermos no que ia dar.

Onde comer em Cusco Papillon

Entramos, estava bem vazio, apenas com 4 mesas ocupadas mas como já era quase 4 horas da tarde resolvemos assiscar, demos uma olhada rápida no cardápio e nos agradamos. Conseguimos uma mesa no terraço e lá ficamos.

A vista é maravilhosa, tínhamos a Plaza de Armas à nossa frente e a catedral do lado esquerdo. Como era final da tarde o sol estava baixando e clima muito agradável. Optamos por duas entradas já que a hora do almoço já havia passado há tempo e estávamos bem cansados naquele final de primeiro dia com todos os efeitos do soroche ainda muito presentes principalmente pra Ricardo.

Onde comer em Cusco Papillon

O restaurante é simples, parece mais um bar na verdade com ótimas opções de petiscos, entradas e refeições. O antedizendo bom, a garçonete muito simpática e o serviço rápido.

Onde comer em Cusco Papillon

Pedimos camarões empanados e ceviche. Não guardamos a nota, mas os preços são na média da cidade, um ceviche desse custa uns R$ 35,00

A comida estava boa, normal, nada de extraordinária, pagamos o preço justo pelo que comemos e pra nós valeu.

Endereço: Portal de Carnes, 260 (estando na frente da catedral, fica no canto extremo oposto à direita da Plaza de Armas em cima da Mc Donald’s).

Ceviche Seafood Kitchen

Entramos porque gostamos do visual quando passamos, também fica na Plaza de Armas mas esse em frente à catedral.

Onde comer em Cusco - Ceviche

A decoração é um charme, toda inspirada no ambiente marítimo. No térreo fica um bar e o restaurante funciona no primeiro andar.

Onde comer em Cusco

Bar que fica no térreo

É bem espaçoso e iluminado e a cozinha fica no meio do salão e totalmente aberta, podemos acompanhar todo o processo de preparo dos pratos se quisermos.

Onde comer em Cusco

Há uns janelões que ficam de frente para a catedral e claro que as mesas que ficam ao lado deles são as mais disputadas e estavam ocupadas. Sentamos numa bem perto e víamos de relance um pouco da praça que de qualquer ângulo é linda.

Onde comer em Cusco

Pedimos um tradicional ceviche para comer e limonadas para beber, elas eram servidas numa garrafinhas cheias de charme, aliás, a apresentação dos pratos que vimos nas mesas e do que recebemos era impecável e cheia de personalidade.

Onde comer em Cusco

Ceviche $38 Soles e cada limonada $ 13 Soles, R$ 43,00 e R$ 14,50 respectivamente

Endereço: Porta de Panes, 181 (fica exatamente em frente à catedral mas no lado oposto, é preciso atravessar toda a Plaza de Armas).

Papacho’s

Esse restaurante vimos que era frequentado pelos turistas em Cusco e colocamos em nosso roteiro, para garantirmos fizemos reserva com antecedência.

Papacho's - Onde comer em Cusco

Fica bem ao lado da catedral, da janela nossa vista era a linda Plaza de Armas que é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Também tem um terraço mas nós preferimos ficar no salão interno mesmo porque o sol ainda estava forte e cobria boa parte daquele espaço.

Onde comer em Cusco

O ambiente é moderno com uma decoração bem descolada e jovial. São alguns ambientes e cada um tem um detalhe diferente do outro no visual.

Onde comer em Cusco

A fama do Papacho’s vem muito pelo hambúrguer gourmet mas nós preferimos uma opção mais ‘típicas’ do cardápio. E claro que experimentamos drinks à base de Pisco que se apresentava em vários tipos no cardápio. Comemos Truchas com chips que vêm acompanhadas por molhos bem saborosos.

Onde comer em Cusco

Truchas com chips de batatas (peixe empanado com chips de batata doce) $49 Soles = R$ 55,50

Onde comer em Cusco - Papacho's

Meu drink de Pisco foi o Que Chicha e o de Ricardo o Lanzado, cada um custou $ 23 Soles = R$ 26,00

Gostamos muito do que comemos, os preços são um pouco mais salgados mas o Papacho’s é muito badalado e oferece um cardápio diferenciado.

Endereço:  Santa Catalina Augusta, 115

Pachapapa

Onde comer em Cusco - Pachapapa

Eu estava louca para conhecer esse restaurante, tinha visto muitos comentários de que era onde poderíamos encontrar o melhor cuy (prato típico de Cusco). Estávamos Ricardo e eu totalmente convencidos a experimentar o prato que fazia parte dos hábitos dos incas e que tínhamos ouvido falar tanto em nossos passeios.

⇒ Antes de falar do restaurante, vale falar sobre um dos pratos mais famosos na região: o cuy

Vimos alguns restaurantes com o menu turístico exposto nas calçadas anunciando a iguaria mas nosso pensamento era fazermos nossa degustação no restaurante que oferecia o melhor da cidade, afinal onde comeríamos novamente um porquinho da Índia preparado numa maneira totalmente inusitada para nós?

Até que quando estávamos em Ollantaytambo, passamos com calma pela frente de uma dos restaurantes da cidade e finalmente vimos a foto do tal cuy. Estava lá o coitadinho do porquinho assado, esturricado com cabeça e tudo ladeado por alfaces bem verde e tomates vermelhinhos.

O guia nos mostrou todo entusiasmado o famoso prato e que segundo ele traz muitas energias a quem come, tudo de acordo com a tradição Inca. Mas isso foi o fim da minha esperança de experimentar aquele exemplo da culinária peruana tão difundida na região.

Ricardo disse categoricamente “Galega, esqueça o tal do cuy, eu jamais vou me sentar à mesa com um rato gigante assado na minha frente”! Juro que na hora ri muito, ele falou de uma maneira muito engraçada, o guia entendeu parte do que ele disse e ressaltou que não era um rato e sim um cuy!!!

Fomos explicar pra ele que aqui no Brasil conhecíamos como porquinho da Índia e que comparávamos com um rato gigante e que assim seria bem complicado comermos. Ele ainda tentou nos convencer, eu também tentei saber de havia outra maneira do pouquinho – ou seria rato – chegar à mesa, tipo sem cabeça, em pedaços, onde não identificássemos o animal, mas nada feito, o cuy só chega à mesa inteirinho com as patinhas abertas e o bucho colado da travessa.

Eu não tenho problemas com comida, experimento tudo e sou curiosa para novos sabores, já Ricardo tem algumas restrições mas dependendo da proposta ele encara e assim temos conhecido muito da culinária por onde andamos. Um exemplo são os males (mexilhões pra nós), ele não comia de jeito nenhum mas depois que consegui convencê-lo a experimentar na Grécia foi o pedido em outros 2 restaurantes que fomos e agora ele recomenda quando gastronomia é o assunto de uma conversa.

⇒ Leia também Culinária grega em Mykonos: tradição e preço justo

Como não temos o que contar sobre o que achamos do ratinho, porquinho ou cuy como queira chamar, vamos deixar aqui um relato sobre uma refeição onde o prato principal foi ele, só vimos quando voltamos e vimos que realmente foi melhor não termos nos arriscado. O relato foi de uma viagem há um tempo e pelo que vimos o cuy foi servido de uma maneira diferente da que vimos na foto que nos assustou, mas o resto era bem o esperávamos.

Comendo cuy: o duelo final entre o homem e o rato do blog Dondeando por aí.

Bom, vamos voltar ao nosso almoço no Pachapapa que não teve cuy mas teve comida típica mesmo assim.

Onde comer em Cusco

Hall de entrada totalmente decorado com peças do artesanato local

O restaurante funciona num grande casarão de época e é dividido em várias salas além de um grande salão aberto central. Casa um dos ambientes tem uma decoração diferente. Quando chegamos estava bem cheio e fomos levados para um dos salões laterais.

Onde comer em Cusco

Fomos logo atendidos, fizemos nossos pedidos e curtimos muito o local que estava cheio de turistas de todos os lugares, foi onde vimos a maior diversidade de nacionalidades na viagem.

Escolhemos um Anticucho de alpaca (espetinho) e advinhe! Mais um ceviche porque adoramos e os que experimentamos no Peru estavam divinos.

Onde come em Cusco

Anticucho $26 Soles e Ceviche $35 = R$ 30,00 e R$ 40,00

A comida estava muito gostosa, o restaurante faz jus à fama de excelente gastronomia que tem, deixando de lado o tal cuy, os pratos típicos são muitos e o que comemos e vimos nas mesas ao redor eram muito bem servidos.

Endereço: Plazoleta San Blas, 120 (em frente à famosa Igreja de San Blas)

Onde comer em Cusco – Jantar

O jantar geralmente é a refeição de nossa preferência em viagens, adoramos nos sentar numa mesa e conversarmos sobre o dia que tivemos e planejarmos o próximo saboreando uma boa comida num ambiente agradável. E em Cusco não foi diferente, com exceção de uma das noites que não tivemos coragem de sair do hotel e pedimos uma comidinha lá mesmo.

La Divina Patricia

Fica na rua do primeiro hotel onde ficamos, depois de fazermos o checkin fomos caminhar pelas redondeza à procura de um lugar para sentarmos e comer depois de um dia inteiro de voo (incluindo a conexão em Lima).

Passamos pela frente do La Divina Patricia, vimos um forno a lenha logo na fachada que nos chamou atenção, resolvemos entrar. Fomos levados para o primeiro andar onde tem mais mesas, no térreo ficam a cozinha, um espaço com poucas mesas e o forno. Lá em cima são 3 salões com mesas e uns janelões que dão pra rua.

Onde comer em Pizzaria

Nos sentamos numa das mesas perto da janela. A decoração era interessante mas achamos que os móveis estavam um pouco sem manutenção, alguns até meio estragadinhos mesmo (o assento de um sofazinho estava bem surradinho) mas o ambiente era agradável e o cardápio bem variado.

Onde comer em Cusco pizzaria1

O restaurante serve pizza, massas e alguns pratos típicos peruanos principalmente com quinoa e outros grãos. Eu escolhi um caldo de frango que tinha 3 tipos de quinoa e Ricardo foi de pizza. Gostamos da comida que não demorou a chegar e o atendimento foi muito bom.

Onde comer em Cusco pizzaria

Caldo de frango com quinoa e pizza à moda da casa, o caldo $24 Soles e a pizza $18. Convertendo, R$ 27,50 e R$ 20,50 aproximadamente

É um restaurante simples, com boa comida e preço bom. Vimos que é muito freqüentado por moradores, passamos ela algumas vezes enquanto estávamos no Tierra Viva Hotel e sempre estava bem movimentado.

Endereço: Calle Quera, 252

Incanto

Restaurante italiano muito frequentado em Cusco, fica praticamente vizinho ao Papacho’s. O espaço é bem amplo, a decoração clean e funcional e tem uma parte da cozinha ano meio do salão com um enorme forno a lenha como parte da ambientação.

Onde comer em Cusco Incanto

Atum a la Griglia com salada (servido com molho chimichurri por cima) e Como saltado com resto de açafrão. Cada prato custou $55 Soles peruanos, o equivalente a R$ 62,00

Pratos bem servidos, a massa super fresca de fabricação própria. Eu pedi atum com salada e Ricardo carne acompanhada por um risoto de açafrão e tomamos vinho, essa uma das vantagens de estarmos numa cidade pequena e num hotel bem localizado. Fomos e voltamos a pé para todos nossos passeios noturnos em Cusco.

Apesar do Incanto ser um restaurante italiano e que faz as massas optamos por pratos diferentes, quando vimos o cardápio o paladar nos levou a outras opções e adoramos o jantar.

Os preços são excelentes e o ambiente muito bom, espaçoso e ódio atendimento.

Endereço: Santa Catalina Augosta, 135

Cicciolina

Fizemos reserva para um jantar no Cicciolina, vimos durante nossas pesquisas que esse restaurante tinha um ambiente super agradável e que era muito disputado, e realmente quase não conseguimos uma mesa. Ficamos aguardando retorno e não conseguimos para a noite que queríamos, mas como não tínhamos reservas em outros dias ainda acabamos escolhendo a data de acordo com a disponibilidade.

O restaurante funciona num prédio muito antigo no centro histórico onde os turistas estão por toda parte e a qualquer hora do dia. Fica no primeiro andar e apenas uma janela fica pra fachada. O casarão tem várias lojas no térreo que tem um pátio aberto circundado por um terraço no primeiro andar de onde temos acesso ao restaurante.

Onde jantar em Cusco - Cicciolina

Onde comer em Cusco

Estava muito cheio quando chegamos, são 3 ambientes, um que é a padaria que funciona para o café da manhã,  o Tapas Bar que fica no salão de entrada e que estava lotado e como o nome já sugere, serve tapas, aperitivos quentes e frios e o Dinner Room que é o restaurante num salão com paredes vermelhas onde havia várias mesas e apenas 2 desocupadas, uma delas a nossa e a outra que logo foi ocupada por outro casal.

Onde comer em Cusco

Da esquerda para a direita, o bar, a padaria e embaixo o Dinner Room

Adorei a decoração, luz indireta, penumbra, um ambiente convidativo para um bom prato e garrafas de vinho kkkk, uma tentação já que estávamos a pé!

Eu pedi uma bolonhesa com polenta e Ricardo  , e para sobremesa bananas caramelizadas acompanhadas com uvas e cobertas com calda de maracujá e anis. Tudo maravilhoso e muito bem servido, nós dois deixamos uma boa quantidade de nossos pratos morrendo de pena mas não cabia mesmo.

Quando pedimos o vinho recebemos um courver com torradas e molhos. Não cobraram por ele.

Onde comer em Cusco

Onde comer em Cusco - Cicciolina

Bolonhesa com polenta $33 Soles = R$ 37,50 e Risoto Al Mare $ 47 Soles = R$ 53,40

Onde comer em Cusco

Sobremesa deliciosa #23 Soles = R$ 26,00

Foi uma noite agradabilíssima e conferimos que o Cicciolina tem sim motivos para ser um dos mais requisitados restaurantes da cidade.

Para o bar não é preciso reserva mas para o restaurante é sempre recomendado. Para o jantar são 3 horários para chegada, nós fomos no último.

Endereço: Triunfo, 393

Chicha por Gaston Acuro

Não tínhamos feito reserva com antecedência, passamos por ele quando fomos conhecer o Museu do Chocolate que fica vizinho, pensamos em almoçar mas ainda era cedo naquele dia, guardamos o endereço para tentarmos um jantar e conseguimos. Depois de uma espera de 20 minutos estávamos sentados numa mesa no movimentado restaurante do renomado chef Gaston Acuro.

Onde comer em Cusco

O restaurante tem um enorme salão único que se estende no primeiro andar de um prédio antigo na praça onde funciona a prefeitura de Cusco. A decoração é muito moderna, impossível passar pela frente e imaginar que por dentro é daquele jeito.

Onde comer em Cusco

Resolvemos experimentar o carneiro que era um prato feito para 2 pessoas. Estava maravilhoso, tomamos vinho e experimentamos uma sobremesa maravilhosa naquela que foi nossa noite de despedida de Cusco. Foi em alto estilo!

Onde comer em Cusco

Paleta de cordeiro $ 94 Soles = R$ 106,00

ONde comer em Cusco

Degustação de suspiros $23 Soles = R$ 26,00

No outro dia seguiríamos para Lima onde passaríamos algumas horas durante uma conexão e onde aproveitamos para conhecer o La Mar, outro restaurante do mesmo chef que serve o ceviche que já foi considerado o melhor do mundo.

Endereço: Plaza Regocijo, 261

⇒ Leia também Aeroporto de Lima: tudo para uma conexão tranquila

Gostou de nossas dicas de onde comer em Cusco? Comemos muito bem durante essa viagem, a gastronomia peruana é excelente e os preços muito justos. Todos os pratos muito bem servidos e o atendimento de todos os lugares onde fomos foram excelentes.

Não tem como ir ao Peru e não comer bem :).

Onde comer em Cusco

Para guardar no Pinterest

Onde comer em Cusco

 

 

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.