Águas Calientes sempre foi um ponto de apoio para os turistas que visitam Machu Picchu e depois das mudanças na visitação da montanha isso ficou ainda mais frequente. As viagens de bate-volta de Cusco para visitar a cidade sagrada dos Incas tornaram-se mais cansativas e a grande maioria dos visitantes prefere pernoitar na pequena cidade que também á conhecida como MachuPicchu Puebl0 – Aldeia Machu Picchu.

Fizemos como a maioria, partimos de Cusco no final da tarde, dormimos lá, jantamos e almoçamos no outro dia antes de pegarmos o trem de volta e vamos compartilhar com vocês nossa experiência nesse mini guia com dicas sobre a viagem.

⇒ Leia também Roteiro de 8 dias de viagem para o Peru

Como chegar a Águas Calientes

Águas Calientes ou MachuPicchu Pueblo

Há quem prefira partir de Poroy ou de Cusco que foi de onde partimos. O percurso é feito de carro/ van ou de ônibus até Ollantaytambo onde fica a estação de trem.

Compramos as passagens de trem com antecedência pela internet. A da ida foi o trajeto de Ollantaytambo até Águas Calientes e a da volta foi tendo Cusco como destino final.

Há 2 empresas que fazem o trajeto, a Inca Rail e a Peru Rail, os preços são muito parecidos, o que nos fez escolher a Inca Rail foi a disponibilidade dos horários dos trens tanto da ida como na volta.

Aí vem a dúvida: como ter Cusco como destino final se o trem não chega até lá? No site das empresas de trem há a possibilidade de se escolher o trajeto total onde os passageiros são levados de ônibus ou de van para Cusco. Isso num único bilhete.

Quando contratamos o guia para nos acompanhar nos passeios para o Vale Sagrado, incluímos a viagem de Cusco a Ollantaytambo, por isso compramos as passagens partindo de lá e não seguindo de van compartilhada. Chegamos na estação de trem uns 40 minutos antes do embarque.

Como é preciso trocar os vouchers pelas passagens, procure não chegar muito em cima da hora. Não pegamos filas para trocarmos os vouchers mas isso pode acontecer e é melhor não arriscar.

O processo para troca é muito simples, mostramos o voucher, nossos passaportes que no caso pode ser também a carteira identidade que foi usado para o embarque no Brasil e o cartão de credito usado para compra das passagens. Os tickets foram entregues rapidinho e seguimos para uma área que fica ao lado dos trilhos para esperarmos pela chamada do nosso trem.

Pagamos U$ 158 pelas passagens a ida no trem convencional e U$ U$ 260 pela volta no trem 360º Bimodal, lembrando que essa passagem incluía o transporte de Ollantaytambo para Cusco.

O embarque é bem organizado e a viagem muito tranquila, durou menos de 2 horas. Na volta chegamos em Ollantaytambo e fomos levados a um estacionamento onde havia várias vans e os passageiros foram distribuídos confortavelmente. Até Cusco foram mais 40 minutos e fomos deixados bem perto da Plaza El Regocijo.

⇒ Leia também Viajar para o Peru: quanto custa um roteiro de 8 dias

CHIP PRÉ-PAGO COM PLANO DE DADOS EM MAIS DE 140 PAÍSES COM FRETE GRÁTIS

Saia do Brasil com chip com o plano de dados já no seu celular. Compre aqui e use o código Cantinhodena para ter FRETE GRÁTIS.

Onde ficar em Águas Calientes

Nossa estada em Águas Calientes seria bem rápida, chegaríamos por volta das 18h e no outro dia bem no comecinho da manhã seguiríamos para Machu Picchu. Escolhemos então um hotel bem perto da estação de trem e do ponto de embarque do ônibus para subirmos para a montanha.

Durante nossas pesquisas vimos que há vários hostels na pequena cidade, mas optamos por um hotel boutique bem pequeno, na verdade é mais uma pousada mas que serviu muito bem ao nosso propósito. Tinha uma boa cama, banheiro limpo e café da manhã incluído.

Nosso hotel foi o Panorama B&B, fica às margens do Rio Urubamba a 10 minutos da estação de trem andado devagar. Na rua vimos outros hotéis e todos muito parecidos, em Águas Calientes tem lugar pra todo mundo dormir…

O hotel é pequeno com poucos quartos, tem nota 8,8 na avaliação do hóspedes do Booking. O café da manhã é servido a partir das 4:30h da manhã para os hóspedes que saem ainda escuro para subirem a montanha. Oferecem ovos e omeletes feitos na hora, sucos, leite, café, frutas, frios, pães e bolos.

Hotel em Águas Calientes

Nosso quarto ficava de frente para o rio, o som das águas era uma delícia de ouvir e ao fundo a enorme montanha que forma um paredão que chega a assustar à noite de tão escuro. Um ponto de referência é o letreiro MachuPicchu Pueblo que fica em frente ao hotel.

Para nós foi perfeito, o atendimento muito bom, oferecem guarda volume para quem quiser deixar as bolsas enquanto estiver em Machu Picchu e ainda fazem sanduíches sob encomenda – com um custo adicional claro – para quem quiser levar um lanche para a montanha, mas pra isso é preciso avisar na noite anterior.

Vista de Águas Calientes

Endereço: Avenida Hermanos Ayar, 305


Booking.com

Onde comer em Águas Calientes

Fizemos o check in e resolvemos sair logo para comermos alguma coisa, pretendíamos dormir cedo par sairmos logo no comecinho da manhã seguinte para aproveitarmos o máximo possível Machu Picchu. A recepcionista do hotel nos orientou a chegarmos à praça onde fica a prefeitura que de lá com certeza encontraríamos um lugar que nos agradece para sentarmos e comermos.

E realmente foi bem fácil. Saímos do hotel, seguimos as orientações dela e chegamos à praça. Tiramos umas fomos e seguimos à procura de um restaurante. Tem muitas opções de todo tipo de comida, mas a maioria de menu turístico e sanduíches, coisas que não pretendíamos comer.

Contiuamos andando e chegamos ao Incontri del pueblo Viejo, um restaurante bem aconchegante que nos agradou muito quando passamos pela frente. Não pedimos entrada, escolhemos uma carne de Alpaca que é um prato típico peruano e ainda não tínhamos experimentado. Dividimos porque vimos que o prato era muito bem servido, venha acompanhado de purê de batatas e legumes. A carne estava uma delícia. Ainda pedimos uma panacota como sobremesa e também estava muito gostosa.

Onde comer em Águas Calientes

Adoramos nosso jantar, o restaurante é bem amplo, a decoração rústica mas achamos o atendimento mais ou menos. Um garçom começou a nos atender, depois veio outro e vimos que eles não se comunicavam entre si, tivemos que chamar mais de uma vez porque nossas bebidas não chegavam.

10º lugar segundo os avaliações do Triadvisor.

Endereço: Av. Pachacutec, 6

No outro dia depois de nossa visita a Machu Picchu, saímos do ônibus e seguimos direto para um restaurante que tem um deck no Rio Urubamba. Estava bem movimentado e como fica bem perto da estação de trem, achamos ideal para almoçarmos e depois seguirmos nossa viagem de volta.

Chama-se Toto’s House. Funciona no primeiro andar de um prédio bem bonitinho que tem uma sorveteria e outros barzinhos no térreo. A vista do terraço é linda, conseguimos sentar numa mesa onde víamos a correnteza do rio bem de perto.

Onde comer em Águas Calientes

Eu pedi um risoto de quinoa com filet e Ricardo um espaguete à bolonhesa. Eu bebi um suco e ele uma cerveja. Os pratos eram muito bem servidos, não conseguimos comer tudo e estavam muito bons.

O espaço é bem amplo, são vários ambientes. Comemos bem devagar porque tínhamos um bom tempo até nosso trem partir, quando saímos já estava bem mais vazio.

15º lugar segundo os avaliações do Triadvisor.

Endereço: Imperio de Los Incas Avenida s/n

O que fazer por lá

Ficamos das 18h de um dia e saímos às 16:30h do outro, mas das 7h às 13h ficamos em Machu Picchu. Durante as horas que ficamos acordados em Águas Calientes fomos comer como já comentamos e caminhamos um pouco pela cidade. Vimos a praça principal onde fica a prefeitura e a igreja como em toda cidade de interior. Fora isso a cidade tem a feira que fica entre a estação de trem e a rua principal.

O que fazer em Águas Calientes

Quando saímos da estação entramos direto na feira, não há outro caminho.

Estação de trem de Águas Calientes

Estação de trem de Águas Calientes

Na volta fomos conhecê-la depois do almoço. Seguimos caminhando pelos corredores cheios de barracas vendendo de tudo do artesanato peruano, mas os produtos são muito repetidos, praticamente todos os satãs vendem as mesmas coisas, a concorrência é acirrada e como tudo por lá é negociável, não há preços nas etiquetas e o primeiro valor oferecido pelo vendedor sempre está bem acima do que realmente ele quer. Negociar é palavra de ordem na região.

O que fazer em Águas Calientes

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto usando nosso código CANTINHODENA5

Faça uma cotação do seu seguro viagem para viajar tranquilo e será apresentada uma lista com várias opções para você escolher a que melhor se encaixa às suas necessidades

Dicas

  • Apesar dos muitos hotéis/ hostels é aconselhável reservar com uma certa antecedência, é bem arriscado chegar lá e procurar onde dormir sem reserva;
  • Quem não faz questão de sentar numa mesa e comer com calma, há muitas pizzarias e lanchonetes;
Rua com restaurantes em Águas Calientes

Rua atrás do nosso hotel onde tem muitas opções para refeições e lojas

  • Caso não tenha contratado um guia para a visita a Machu Picchu, é bem fácil encontrar um principalmente na fila para comprar os tickets do ônibus que leva à montanha;
  • O guichê de vendas das passagens do ônibus fica numa rua ao lado do Rio Águas Calientes. Compre na noite anterior;
  • A fila para pegar o ônibus cresce rapidamente, quanto mais cedo chegar menos tempo ficará esperando embarcar;

Falamos da forma mais comum de se chegar à Águas Calientes, há quem prefira fazer trilhas que também chegam até, duram 2, 3 4 dias, depende de qual, mas esse não é nosso estilo de viagem, relatamos aqui nossa experiência.

Águas Calientes não é uma cidade para se passar mais do que as horas necessárias para seguir para Machu Picchu, não tem nada pra ver. É realmente para dormir e comer e quem ainda opta por fazer o bate-volta não perde nada se chegar na estação e seguir direto para o ônibus e fazer o mesmo na volta.

Nós resolvemos pelo pernoite para nos poupar para a visita a montanha e não nos arrependemos, não esperávamos mais do que o que encontramos lá, foi uma base para nosso passeio mesmo.

Para compartilhar no Pinterest

Mini guia de Águas Calientes

Tudo sobre Águas Calientes - Machu Picchu

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.