banner

Intercâmbio de férias. A casa e a escola.

As 4 semanas do intercâmbio de férias de nosso filho em New York passaram assim, como num piscar de olhos. Durante os dias que ele estava lá sozinho nos falávamos diariamente várias vezes ao dia via WhatsApp e como a diferença de fuso é bem pequena, não tivemos problemas com horários para nos falarmos.

Pedi pra ele fotografar tudo na casa que o acolheu para mostrar a quem tem interesse em mandar um filho ou até mesmo fazer um intercâmbio de férias.

José Ricardo é muito comedido, vou dizer assim kkkk, tirou 1 foto do quarto, 1 da cozinha, 1 da sala e só!!! Quase morri quando ele me passou as fotos, e não teve acordo pra tirar mais…

Como fomos nos encontrar com ele na última semana, fomos à casa buscá-lo para seguirmos para Boston, aproveitei e fotografei a fachada que ele não havia registrado.

um-intercambio-nao-e-apenas-o-idioma-casa

Não chegamos a entrar, ele disse que Vilma e Elizabeth não estavam em casa na ocasião.

A casa

homestay que o acolheu era de duas irmãs filipinas, Elizabeth e Vilma. Ambas com mais de 50 anos e habituadas a receberem estudantes em casa. Entrei em contato com elas via email, foram muito educadas e solícitas.

A região é muito tranquila, já conhecíamos um pouco porque ficamos num apartamento alugado no Queens em nossa primeira viagem em família para New York.

A rua é bem calma, totalmente residencial.

Estrutura

A casa tem 3 pavimentos, o térreo onde moram as duas irmãs, o primeiro andar com 5 quartos, onde José Ricardo ficou e o subsolo com mais 2 quartos. E um ponto muito positivo, a 2 estações de metrô da escola.

um-intercambio-nao-e-apenas-o-idioma-rua

Ele ficou num quarto sozinho, mas havia 2 camas de solteiro.

um-intercambio-nao-e-apenas-o-idioma-quarto

No pavimento onde ficam os estudantes, há uma cozinha, um banheiro e uma saleta que servem a todos. Durante a estada de José Ricardo na casa, a máxima ocupação foi de 4 quartos. Todos com uma pessoa em cada.

um-intercambio-nao-e-apenas-o-idioma-cozinha

O café da manhã estava incluído na diária, todos os dias no começo da manhã Vilma subia e preparava para eles.

Os lençois eram trocados toda semana, a arrumação do quarto era por conta do hóspede. Mas a limpeza era feita por elas. Por orientação da Dreams, a agência que contratamos, José Ricardo levou 2 toalhas de banho, e foi ótimo porque ele precisou usá-las sim, não estavam disponíveis no quarto. Não sei se no caso do estudante não levar, elas disponibilizam.

Regras da casa

Logo na chegada conversaram com José Ricardo e passaram as regras da casa. Cada um tem uma chave e não há limite de horário para entrada ou saída. Na verdade, é um hostel que tem convênio com uma escola de idiomas. Elas só recebem estudantes, independente da idade.

Vilma é bem mais acolhedora do que Elizabeth, teve mais contato com José Ricardo. Deu orientações sobre transporte e dicas de onde ir.

Os estudantes podem comprar comida e deixar na cozinha e usarem o espaço sempre que necessário.

O que não agradou muito

A única queixa de José Ricardo em relação à acomodação foi a falta de um ar-condicionado no quarto, ele tinha 2 ventiladores mas chegou a sentir calor em alguns momentos, já que era mês de julho, a temperatura por lá é bem alta. Fora isso, ele disse que foi tudo super tranquilo.

A escola

A  New York Language Center tem 4 unidades em New York, José Ricardo escolheu a do Queens. Ele preferiu por ser uma região mais calma do que Manhattan.

Tem estudantes de todos os lugares, inclusive estrangeiros que moram em New York que estão lá aperfeiçoando o idioma.

intercambio-de-ferias-marca

Fica no primeiro andar de um prédio em Jackson Heights. José Ricardo disse que a escola entre 10 e 12 salas. Gostou da estrutura.

intercambio-de-ferias-escola

Fachada. Foto retirada do Google.

As aulas

No primeiro dia José Ricardo fez um teste de nivelamento para ver a turma que iria ficar. Passou para o último nível oferecido pela escola e podia escolher entre preparatório para o TOEFL ou debates sobre notícias, ele escolheu a segunda opção porque disse que seria mais dinâmica.

Tinha aula de segunda a quinta das 8h às 12h e às sextas das 10h às 14h, nesse dia era bem interessante faziam workshops de assuntos diversos e mesclavam as turmas.

Ele tinha uma aula que durava 3 horas e outra 1 hora, nessa última a turma mudava, não eram sempre os mesmos alunos. Cada um fazia sua grade de aulas e horários de acordo com o curso contratado.

Os colegas

Ele conheceu cubanos, coreanos, japoneses, franceses, indianos, finlandeses…encontrou outros brasileiros.

Todos os outros hóspedes da casa estudavam na escola, mas apenas uma aluna fazia uma das aulas na mesma sala de José Ricardo.

Ele não fotografou a turma nem a escola, disse que não era diferente de outras kkkk.

Conclusão

Foi bem diferente do que estávamos esperando, pensávamos que ele iria para uma casa de uma família onde ele teria ‘um pai’ e ‘uma mãe’, não achamos ruim a casa onde ele ficou, acreditamos que pelo fato de serem jovens mais velhos, o mais novo era José Ricardo, a escola acomoda nesse tipo de homestay por não precisarem de mais acompanhamento.

Quem estiver pensando em mandar um filho sugiro que pense bem, a idade é um fator que muda tudo numa experiência dessas. Foram apenas 4 semanas, mas percebemos tantas mudanças em nosso filho e comprovamos que ele foi numa idade ideal.

Com certeza ele ficou nessa homestay por já ser mais velho, acredito que com menos de 15 anos a escola acomode numa casa de família.

Ficamos muito satisfeitos com o intercâmbio de José Ricardo, a Dreams foi ótima, indicamos com certeza.

Quem tiver alguma dúvida pode ficar à vontade pra perguntar nos comentários :).

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Real SegurosAlugar seu carro com a RentalCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Travel Mobile

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
· ·
Categorias:
América do Norte · Estados Unidos 🇺🇸 · New York · Onde fui

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title