Onde jantar em Las Vegas é uma questão de gosto e do quanto se está disposto a gastar porque opções não faltam para todo tipo de público. Para mim a melhor das refeições é o jantar, e em viagens tem um toque especial porque a conversa sempre é deliciosa, comenta-se sobre o que foi visto durante o dia, planeja-se o próximo, dá-se risadas relembrando os famosos perrengues que nunca deixam de acontecer em qualquer viagem, experimenta-se uma culinária diferente, enfim, é uma excelente maneira de terminar o dia e voltar leve pra o hotel pra uma boa noite de sono pra acordar com todo o gás e continuar a viagem.

O que tínhamos reservado pra essa viagem era um jantar do Eiffel Tower pra comemorar o aniversário de minha irmã, outro no Steak de Gordon Ramsay, só que esse meu cunhado reservou baseado numa indicação que havia recebido, porém era na mesma noite do Tournament of kings lembram? E o que estava incluído no ingresso do Blue Man Group , as demais noites foram decididas nas voltas pra o hotel no final de cada dia.

Bom, como conseguimos conciliar tudo, vamos ao que interessa…

Na noite que chegamos fizemos um lanche no quarto mesmo, enquanto nos acomodávamos, Ricardo comprou na Starbucks do hotel um lanche pra todos.

Fellini’s Italian Dinner

Cantina italiana que fica no Stratosphere , Ricardo descobriu por acaso. Ele comentou que havia passado pela frente e resolvemos conhecer, como era no hotel mesmo seria bem prático pra nós, estávamos bem cansados mesmo sendo nosso primeiro dia inteiro em Vegas, o fuso dá uma abalo legal em nossa disposição.

Chegamos bem tarde, quase 10h da noite, o lugar é bem agradável. São vários salões decorados com paisagens de cidades italianas.  Fomos direcionados a uma mesa na sala Sicília, nos sentamos e logo um garçom muito simpático veio nos atender. Ele já era idoso mas executava seu papel com maestria. Conversou com todos nós, perguntou por meu marido, falei que ele havia ficado no Brasil, ele me deu abraço e fez uma cara assim tipo ‘me dei bem’ kkkk, uma figura.

jantar Fellini

Começamos a noite brindando com um vinho, nosso pedido inicial foi uma Bruscheta (U$ 9,95) e Carpaccio (U$ 13,95) como entrada.

vinho e entrada fellini

Letícia estava com sono e pediu pra jantar logo, quando Juliana viu o tamanho do prato percebeu que ela não aguentaria comer todo, assim dividiu com ela, o pedido foi Linguine Bolognese (U$ 15,95), não tenho fotos :(, Ricardo pediu Nhoque com gorgonzola e filet mignon (U$ 15,95) e eu Penne Primavera (U$ 13,95). Todos aprovamos os pedidos, estava tudo muito saboroso, o lugar super agradável e o atendimento impecável.

jantar Fellini 2

Citizen’s Kitchen & Bar 

Uma boa opção pra conhecer os hotéis é fazer uma das refeições neles. Numa das noites fomos conhecer o Mandalay Bay e nos programamos pra jantar em algum restaurante lá mesmo. Gostamos do ambiente do Citizen’s Kitchen & Bar e resolvemos entrar.

Lugar bem agradável, cozinha americana, música ambiente, gente jovem, muito bom.

Tomamos vinho, Letícia pediu o Penne Prociuto (U$ 22) e nós uma entrada – Buffalo’s Wings (U$ 16), umas tulipinhas de frango um pouco apimentadas acompanhadas de legumes no vapor com molho. Como não estávamos com muita fome, após a entrada pedimos uma carne  – Premium Rib (U$ 39) que vinha com um purê temperado e dividimos entre nós.

entrada Citizens

Pra fechar a noite, um bolo de castanhas simplesmente divino, o Classic Cariot, era enoooorme, me arrependi porque não tirei a foto com um talher do lado pra vocês terem ideia do tamanho da fatia, não lembro o preço :(.

bolo citizens

The Pub

Esse foi o restaurante que estava vinculado ao show do Blue Man Group. Como já falei, fica no Monte Carlo.

Chegamos, mostramos os ingressos do show e entramos. O restaurante é bem grande e não estava muito cheio. A decoração é bem jovial, muitos telões espalhados pelas paredes passando lutas de boxes, MMA, jogos de beisebol, futebol americano… Ficamos numa daquelas mesas altas com bancos. O garçom logo chegou para nos atender.

the pub

Nessa noite tomamos cerveja, a especialidade da casa é uma degustação de cervejas de países variados à nossa escolha. Recebemos um pequeno cardápio com seus nomes e nacionalidades. O garçom nos deu umas dicas. Como éramos 3 adultos, teríamos direito a 3 degustações. minha irmã não toma cerveja, então meu cunhado e eu pedimos 1 degustação pra cada um e a outra dividimos.

cardapio cervejas the pub

Seguindo a sugestão do garçom, escolhemos as belgas

 

cervejas The pub

Adorei a forma que são servidas, vêm naquelas tulipas menores numa tábua de madeira.

E agora nossos pedidos. Recebemos um cardápio referente ao nosso pacote show + jantar.

cardapio The pub

As opções eram muito boas, decidimos que cada um pediria um prato diferente pra conhecermos todos. Logo de início pedimos o Beef Quesadilla. Uma delícia.

entrada the pub

Nosso pratos foram Kobe Burger para Ricardo e Baby Spinach Salad para Juliana.

pedidos the pub

Pedi Grilled Salmon e Letícia Owen – Roasted Chicken.

pedidos the pub2

Adoramos o lugar e a comida, não sei os valores individuais de cada pedido, pagamos U$ 159,65 por pessoa o show do Blue Man + o jantar. Excelente opção.

Eiffel Tower

Esse restaurante é super badalado, praticamente todo mundo que eu conheço que foi a Las Vegas foi jantar lá. Quando fomos em dezembro claro que reservamos uma mesa, adoramos tudo e recomendamos pra meu cunhado e minha irmã. Como a viagem seria em comemoração ao aniversário dela, nada melhor do que fazer a reserva pra o dia 23! Reserva feita, fomos lá.

Quando entramos a cara de surpresa de quem vai à primeira vez, dar de cara com a cozinha….não comentei sobre isso com eles pra que tivessem a impressão que tive na primeira ida ao restaurante. Essa é a primeira coisa que  se vê quando a porta do elevador abre.

cozinha eiffel tower

Entramos, esperamos um pouco pra sermos acomodados. O restaurante estava muito movimentado, era uma segunda-feira, não esperávamos aquele movimento. Tava barulhento, muita gente esperando mesa. Fomos acomodados numa mesa muito boa, bem em frente ao Belaggio, não era no vidro mas na primeira fileira de mesas que ficam num nível um pouco mais elevado que proporciona uma vista linda do hotel. Uma peculiaridade do Eiffel Tower é chegarmos na mesa e os pratos vermelhos estarem bem postos nos lugares e no momento que fazemos o pedido serem retirados. É uma característica que acho muito interessante.

mesa eiffel tower

 jantar eiffel tower

 A vista de nossa mesa…

vista eiffel tower

Bom gente, agora vamos ao que interessa. Brindamos à minha irmã com vinho. Fizemos nossos pedidos mas dessa vez o atendimento deixou muito a desejar. Sugeri a Juliana pedir o salmão com crosta que eu havia pedido antes, quando ela pediu o garçom disse que demoraria pra sair, ela desistiu e pediu outra coisa, Ricardo pediu um filé, Letícia etava com muito sono, pediu uma sobremesa e deitou no sofazinho que contornava a mesa kkkk, eu pedi um peixe mas o garçom saiu tão apressado que não me deixou pedir os acompanhamentos, no final das contas, foram 3 pratos com acompanhamento pra 2, mas deu tudo certo, ficamos satisfeitos. Com todo esse transtorno não tirei foto de quase nada, quase não anotei nomes nem preços, só sei que a conta total deu pouco mais de U$ 300.

pedidos eiffel tower

Red Snapper e Strudel

Não tivemos sorte nesse dia, mas isso não faz com que não indique, tanto que repeti, e assim como nós não fomos bem atendidos naquela noite, com certeza outras pessoas ficaram super satisfeitas como nós na primeira vez. Voltaremos nele na próxima viagem em novembro, a reserva já está feita, afinal não será um contratempo de uma visita que vai apagar o brilho desse restaurante que não foi à toa que ganhou tanta fama e que eu já comprovei o que o fez ganhá-la.

Rainforest

Pois é, passar pelo MGM e não se encantar com o Rainforest é impossível, principalmente estando com crianças. Passamos pelo restaurante no final de uma manhã, como íamos atravessar a rua pra irmos ao NY NY e Letícia e Ricardo estavam ansiosos pra ir à montanha russa de lá, optamos por não almoçar antes do brinquedo. O olhinho de Leca brilhou e até não dar mais pra ver a floresta pelo corredor e cabecinha dela estava voltada pra o restaurante…

Na noite da sexta-feira, após o show do Le Rève, decidimos ir visitar o Rio e jantar no buffet de lá que oferecia Seafood, mas gente, sem chance, saímos corridos do hotel e da entrada do buffet voltamos. Terrível. Daí decidimos então jantar no Rainforest, imaginem a alegria da criança!

Estava bem vazio, nos sentamos numa mesa bem no meio do salão no térreo. Como no de Orlando, os animais gritam, roncam, fazem cada um seu som natural kkkk, as árvores balançam, ameaça uma chuva, enfim, a cada intervalo de tempo pensamos estar no meio de uma densa floresta.

frente rainforest

Pra não perder o costume pedimos um vinho, como sempre Letícia pediu logo seu jantar, foi dia de sanduíche, pediu o Chicken Salad Sandwich (U$ 13,99) e como entrada pedimos Cheese Sticks (U$ 9,99).

pedido rainforest 1

Nossos pedidos foram Ribs, Steak & Shrimp Trio (U$ 27,99) e Macadamia Crusted Tilapia & Coconut Shrimp (U$ 25,99).

E não poderia faltar a sobremesa mais tradicional desse restaurante né gente! Sparkling Volcano (U$ 14,99).

vulcano rainforest

Antes de sair um registro de nossa mesa e a satisfação de Letícia que terminou a noite radiante…

salao rainforest

Leca rainforest

Steak – Gordon Ramsay

Esse foi o grande jantar dessa viagem, colocou o Eiffel Tower no bolso em todos os sentidos, ok que não tem aquela vista do show de águas do Belaggio, mas o ambiente, a comida e o atendimento impecáveis.

Como comentei no post sobre o Tournament of kings, tínhamos uma reserva pra depois do show. Aproveitamos pra andar um pouco pelo Paris Paris, localizamos o restaurante, que fica por trás da entrada o Eiffel Tower. Fomos recebidos por uma funcionária e encaminhados pra uma mesa num lounge pra aguardarmos nossa mesa definitiva. Chegamos uns 15 minutos antes do horário reservado.

O ambiente é lindíssimo, o vermelho predomina na iluminação mas nem por isso fica pesado, pelo contrário, dá um ar muitp refinado. Foi encanto à primeira vista. Logo que nos sentamos nos deram um iPad com o menu de bebidas e que também tinha um pouco da história de Gordon e daquele restaurante, um deslumbre.

gordon ipad

Fomos levados ao primeiro andar poucos minutos depois, a pessoa que nos atendeu nos acompanhou mas deixou bem claro que não era garçonete. Nos acomodamos na mesa indicada e ficamos esperando sermos atendidos.

salao Gordon

Olhando do primeiro andar, onde era nossa mesa, a vista é essa

As mesas do lado direito são normais, ficam coladas no para-peito que dá pra o vazado que mostro na foto acima, mas as do lado esquerdo, onde ficamos, eram maiores, tinham um encosto alto todo acolchoado e um sofá contornava toda a mesa. A privacidade não é total porque ficamos de frente pra uma mesa, porém o corredor de circulação nos separava. Dos lados ficávamos com privacidade total.

mesa Gordon

Bom, a mesa estava posta com um jogo americano em couro com o nome de Gordon impresso, copos à frente e talheres, sem pratos. Me arrependi porque não pedi pra comprar o copo pra minha coleção, era um copo baixo com umas linhas vermelhas em alto relevo. Alexandru (escreve com “U”, ele fez questão de nos avisar)  foi nosso garçom principal, mas outras 4 pessoas passaram pela mesa e serviram alguma coisa, mas percebemos que além de Alexandru, Andrew era o assistente, os demais pareciam que davam apoio a várias mesas, enquanto os dois citados serviam a apenas 3 mesas. Dá pra imaginar o serviço hein!

Assim que sentamos pedimos um vinho, trouxeram uma bandejinha com pães e manteiga, mas não era qualquer pão, eram 3 tipos, cada um mais gostoso do que o outro. Pedimos água com e sem gás, adorei as garrafas, não conhecia aquela marca.

vinho gordon

copos gordon

Enquanto o serviço funcionava, apareceu um rapaz com um carrinho com uns pedaços de carnes cruas e para diante de nossa mesa, Alexandru chega junto e começa a explicar cada pedaço utilizado nos pratos, ficamos de queixo caído com a apresentação, Vejam o carrinho…

carrinho gordon

Percebam que as carnes vêm numas badejas de inox e que atrás de cada pedaço tem um espelho. É um grande círculo vazado. Depois da apresentação, o garçom se retirou e nos deixou à vontade, Comentamos que não iríamos fazer o pedido logo, lembram que tínhamos assistido ao show medieval com jantar??? Pois então, ficamos conversando até a fome chegar porque seria um pecado sairmos dali sem experimentar um daqueles maravilhosos pratos de carne propostos no cardápio.

Por falar nele, vejam como é…

cardapio Gordon

Prestem atenção à frase no rodapé que destaquei

Decidimos fazer o pedido, Roasted Beef Wellington (U$ 56) e Beef Short Rib (U$ 42) foram os escolhidos, com purê e creme de espinafre como acompanhamentos, como no cardápio vem 2 opções pra 1 ou 2 pessoas, pedimos os 2 pra 1 pessoa, como dissemos que não estávamos com muita fome, Alexandru nos garantiu que daria pra ficarmos satisfeitos, e realmente ficamos. Tudo estava   simplesmente divino, as carnes desmanchavam na boca, a consistência do purê impecável e o creme de espinafre com um sabor ímpar. Sem falar da apresentação dos pratos, dava até pena de mexer kkkkk.

pedido gordon

Letícia tinha cochilado mas acordou quando o pedido chegou, adorou tudo também. Não poderíamos sair sem pedir uma sobremesa, escolhemos o Sticky Toffee Pudding (U$ 14), que é um pudim de caramelo acompanhado de sorvete de manteiga e calda, um deslumbre….. e pra fechar um French Press Coffee (U$ 12) que até quem não tem o hábito de tomar um cafezinho no final de uma refeição fica com vontade, vem uma cafeteira de pressão pra fazer o café na hora, as xícaras são de chá, grandes e bem abertas e o grande diferencial são as 3 colheres com chocolate recheado que servem para adoçar e dar sabor ao espresso, indo ao restaurante não deixem de pedir, é divino!

sobremesa gordon

No final a conta ficou muito parecida com a do Eiffel Tower (U$ 320), mas a satisfação e o prazer de uma noite maravilhosa foram muito maiores, porque foi tudo perfeito.

Se você pretende usufruir de um jantar de qualidade e alto nível, com certeza o Steak Gordon é o lugar.

Como dás pra perceber, onde jantar em Las Vegas não é nenhum problema, há lugares para todo tipo de viajante, de bolso, de gosto, para quem tem menos ou mais tempo para usufruir dessa refeição.