Mais da série Viagens gastronômicas. “Gulyás” é um ensopado ralo, servido como sopa. Tradicional prato húngaro, o goulash como é mais conhecido, é geralmente feito com vitela cortada em cubos (borjúpörkölt), porém também existem variações com postas de peixe de água doce (pörkölt). Além dessas opções ainda existe uma cremosa conhecida como paprikás que é feita com creme de leite. A páprica é um dos ingredientes indispensáveis dessa iguaria, é produzida em grande escala no país justamente pelo grande consumo no preparo do prato que é servido dos mais simples aos mais requintados restaurantes.

A páprica é feita de um pimentão ardido cultivado no sul da Hungria. Nos mercados de Budapeste, réstias deles secos ficam penduradas nas fachadas dos stands dando um colorido especial ao lugar. Quando estivemos por lá registramos esse colorido no principal mercado da cidade, construído no período de 1890, o Nagycsamok é um ponto turístico importante da capital húngara. No primeiro andar é possível comer goulash em um dos vários restaurantes existentes.

Adriana temperos

Adriana Ruhmke esteve no mercado e comprou páprica doce e picante

Mercado Budapeste Adriana

Foto tirada por Adriana Ruhme quando almoçou no mercado, e qual o pedido dela? Goulash! Mas não registrou o prato, ela me falou que na próxima viagem fará isso…

Pelo jeito registrar os nomes em Budapeste é uma prática nada usual, quem me enviou fotos e dicas não lembra dos nomes dos lugares, vamos combinar que são um tanto complicados pra nós…mas não vou perder o embalo do post e segue outra dica de onde comer um tradicional goulash, fica próximo à Praça dos Heróis, outro importante ponto turístico.

Ricardo goulash

Juliana Ventura registrou Ricardo apreciando o goulash, finalmente vimos como ele é kkk

Quando estivemos em Budapeste não experimentamos o tão tradicional prato local, fizemos isso na vizinha Praga, escolhemos um menu onde o goulash era o prato principal. Na ocasião não fotografei o prato, apenas o brinde inicial e a sobremesa, mas deixo aqui minha dica de onde encontrá-lo na cidade, foi no Restaurace U Certa, na famosa Rua Nerudova 206/4 do  lado direito subindo em direção ao castelo.

Goulash Praga

Nosso brinde enquanto aguardávamos o goulash em Praga

E aí, deu vontade? Eu quero voltar e com certeza tirarei fotos do goulash por aí.

Pra o próximo post pensei em falar sobre chocolate, o que acham? Espero fotos e dicas de onde comprar esse que com certeza é o doce mais amado no mundo!