Pois é, fomos assistir ao filme E aí, comeu? 2 vezes. A primeira foi a uns 20 dias atrás e na última sexta-feira estávamos a fim de ir ao cinema e já tínhamos visto que tudo nos interessava, assim decidimos repetir a dose e rir um bocado.
Apesar de lembrarmos bem do filme, pois fazia pouquíssimos dias que tínhamos assistido, nos divertimos muito, sabe aquele diálogo coloquial que parece que estamos participando junto com os personagens? Que algumas frases parece que foram tiradas de nossas casas ou de nossas cabeças? É assim que tudo acontece.

O texto condiz com a censura mas fora isso nada que alarme qualquer moralista ou pré-adolescente, que na verdade já sabe de tudo sobre sexo e na maioria das vezes se faz de santo kkk.

Dira Paes está com umas peeernas que poxa, deu inveja, o happy-hour diário dos amigos deixa a gente com uma vontade de tomar um chopp no começo da noite e as conversas entre os amigos com certeza fez muito homem lembrar do que rola quando está num ambiente semelhante com sua turma, coisas de verdade que acontecem na vida…

O filme não tem  nenhum cenário maravilhoso, nem figurino caprichado, apenas mostra o cotidiano de umas pessoas e seus conflitos amorosos / sexuais que são a pura verdade de milhares de mortais.

E no final tudo gira em torno do amor, lindo de morrer!!!! E com muita conversa sobre sexo claro, mas sinceramente isso ficou em segundo plano na minha concepção, o que leva mesmo o enredo é o amor…e saímos de lá leves, livres e soltos!

Pra quem ainda não viu, vai lá.