Comprei umas codornas e deixei no freezer, quinta-feira resolvi tirá-las e preparar pra o jantar da sexta. Houve uma mudança de planos e esse menu ficou pra o sábado, mas valeu a pena. E vamos às codornas com risoto de penne.

A primeira dificuldade foi encontrar uma boa receita de codorna, depois de pesquisar o bocado na internet resolvi usar um pouco de cada dica que vi. Assim ficou uma codorna a ‘meu modo’.

Enquanto preparava pensei em qual seria o acompanhamento, decidi fazer um risoto de penne, novamente fui pesquisar e encontrei uma receita simples e rápida.

Seguem os ingredientes da codorna:

5 codornas
2x de chá de vinho branco doce de mesa
alecrim desidratado a gosto
4 dentes de alho amassados
sal a gosto
pimenta do reino moída na hora a gosto
suco de 3 limões

Misture todos esses ingredientes numa marinada e coloque as codornas limpas dentro. Cubra com filme e coloque na geladeira e deixe de um dia pra o outro.

 marinada-codorna

Enquanto as codornas estavam tomando gosto no temperos, preparei uma farofa para recheá-las.

2x de chá de farinha de mandioca fininha
1c de sopa de manteiga
2c de sopa de cebola ralada
sal a gosto
2c sopa de linguiça calabresa cortada em cubinhos
2c sopa de bacon defumado cortado em cubinhos
ameixas secas sem caroço cortadas em pedaço pequenos a gosto

Derreta a manteiga, acrescente a cebola até ficar transparente sem queimar. Acrescente o bacon, antes de completamente frito acrescente a linguiça. Mexa de vez em quando pra não queimar. Coloque a farinha e mexa, acrescente as ameixas. Acerte o sal e reserve.

codorna-farofa

Daí veio a ideia de desossar as codornas, pensei no empecilho dos ossinhos durante o jantar, lembrei de ter assistido a um programa Que Marravilha no GNT onde Claude ensinava a fazer isso, assim procurei o vídeo que me seguiu de guia. http://gnt.globo.com/quemarravilha/videos/_1360466.shtml

Marquei o tempo que levei pra desossar as 5 codornas, foram 28min. Não fiz exatamente igual ao video, é mais simples do que pensei, o segredo é quebrar os ossinhos com as mãos, usei a faca menos do que o auxiliar de Claude usa no vídeo, o importante é ter cuidado pra não rasgar a pele. Ah, não jogue o líquido da marinada ok?

A aparência fica esquisitinha tá gente, cofesso que lembrei de um ‘sapo’, animal que tenho pavor kkk, mas relevei e me concentrei no final dessa história…

Feito isso é hora de rechear. É bom não encher muito. Usei linha zero pra amarrar. Cortei 50cm de linha, juntei as pernas e dei 2 nós e usei o resto da linha, sem cortar, dei umas voltas ao redor do corpo da codorna e dei um nó final.

codorna-recheada

codorna-amarrada-detalhe

Estão ‘sujinhas’ de farofa porque usei a tábua de carnes pra preparar tudo, limpe a farofa, esquente o líquido da marinada, coloque as codornas numa assadeira untada com azeite, cubra metade delas com a marinada quente, cubra a assadeira com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 250º C por 30 min. Tire do forno e retire o alumínio. A aparência estará assim…

codorna-amarradas

Regue com o caldo e retorne ao forno. A cada 15 min regue com o caldo da fôrma e vire as codornas de vez em quando. Baixe o fogo pra 220º C depois de 45 min. No total o tempo no forno foi de 1:30h. Retire do forno e reserve.

Agora o risoto de penne.

1 pct de penne (usei o coloridinho)
2,5l de caldo de galinha (fiz com caldo em cubinhos mesmo)
1/2 x de chá de azeite de oliva
60g de queijo parmesão ralado
2c sopa de polpa de tomate
sal a gosto

Coloque o azeite pra esquentar, coloque o penne e frite até as pontas da massa ficarem douradinhas.

codorna-no-fogo

Cubra o penne com um pouco do caldo e vá mexendo, repita o processo à medida que for secando, sempre deixando o penne coberto, quando começar a ficar al dente, acrescente a polpa de tomate e continue mexendo, amoleceu mais um pouco, pare de colocar caldo, baixe o fogo e vá mexendo até secar e ficar um molho espesso. Desligue o fogo, acrescente o queijo ralado e misture. Coloque no prato, ponha uma codorna em cima, enfeite com queijo ralado e sirva.

Sei que nãó é um prato muito prático, mas pra fazer de vez em quando vale a pena.

Espero que gostem!