O município de Maragogi tem várias praias em sua extensão, muitas famosas e outras nem tanto. Peroba, Ponta do Mangue, Antunes, Barra Grande, Burgalhau e São Bento, além de outras bem pequenas.

Cada uma com suas características, apesar de vizinhas, trazem peculiaridades que as distinguem umas das outras.

⇒ Leia também As praias vizinhas do litoral Norte e As praias próximas do litoral Sul

Temos uma casa de praia em São Bento, sempre fotografei muito as paisagens locais mas ainda não tinha parado para registrar as pessoas de lá.

Durante umas férias, sentada tomando sol, lendo um livro ou só vendo o (pouco) movimento da praia, me chamou atenção a rotina das mulheres com seus filhos catando marisco, os pescadores saindo com suas jangadas em busca do pão de cada dia, crianças tentando pescar camarão para servirem de isca para seus pais saírem no outro dia para o mar e resolvi fazer um post sobre isso. O marisco faz parte da cultura e culinária locais.

Maragogi e suas marisqueiras

Maragogi-marisco

Em São Bento, na maré baixa, fica praticamente sem água na margem da praia e quando está alta o banho é uma delícia, não tem ondas, o mar fica de um azul encantador e muito morna, dependendo da hora chega a incomodar.

E é com a maré baixa que as mulheres chegam com seus baldes pra catar o marisco. Esse molusco é encontrado na areia, ele fica enterrado e é retirado com a mão e algumas vezes com uma faquinha sem ponta quando está mais profundo.

O sol é castigante nas maioria dos dias, em janeiro temos alguns dias nublados e outros poucos chuvosos, mas mesmo assim elas estão lá em busca de seu sustento.

Sao Bento marisqueira_com_crianc_a

Quando eu resolvi fotografá-las, cheguei devagar, perguntei se poderia fazer as fotos e todas concordaram, e aproveitei pra conversar um pouco. Foi aí que tive uma noção mais real das vidas dessas mulheres. Muitas delas não têm marido, uma família com  3, 4, 5 filhos, catam marisco pra vender e comer.

Famílias inteiras saem de casa para o mar, crianças de todas as idades, como essa que registrei com 3 anos, o menino chorava de cansaço e a mãe me falou que não tinha com quem deixá-lo em casa porque os irmãos maiores também estavam no mar ajudando-a.

Sao Bento marisqueira2

Além do sol forte, a posição da catadora não é nada confortável, ficam agachadas na água por muito tempo, até que a maré comece a subir, chegam a ficar de 4 a 5 horas nessa posição mudando de lugar para achar uma quantidade maior para encher o balde e antes de colocá-los lá os mariscos são guardados dentro das blusas, dá a impressão de estarem grávidas.

O volume com a concha é grande, mas quando é levado à panela com água até ferver para soltar o molusco, é impressionante como o que é aproveitado é pouco, assim elas precisam catar uma quantidade muito grande para chegar a alguns quilos e vender para os restaurantes e pousadas da cidade, além de sobrar um pouco para alimentarem suas famílias. O trabalho é árduo…

SaoBento baldes com marisco

Uma cena que me chamou atenção foi uma senhora que trabalhava bem em frente à minha casa. Era um dia lindo de sol forte, céu azul, ela estava bem protegida como todas sempre vão, percebi que ela passou todo o tempo com um cigarro na boca e um cachorro sempre ao seu lado. Ví ali que aquela rotina de sol, água, areia fazia parte do dia-a-dia do animal também, ele estava muito à vontade deitado, às vezes correndo para um lado e para outro mas sempre perto de sua dona.

Cheguei junto e perguntei quantos anos ela tinha, a resposta me surpreendeu, 52, fiquei chocada com o que aquela vida tinha feito com a mulher, o sol havia deixado marcas muito profundas e permanentes em seu rosto, mãos, pernas, apesar do chapéu e da camisa de mangas compridas.

E ela ficou por várias horas lá na areia, molhada, sem água com uma faquinha retirando do mar o seu sustento e quiçá de várias outras pessoas que dependem dela… e o cigarro de fumo enrolado em casa pendurado na boca.

Sao Bento marisqueira com cigarro

O marisco é evento em Maragogi

E o mar continua lindo, enchendo e secando diariamente e as marisqueiras fazendo de São Bento a cidade onde acontece a Festa do Marisco todos os anos. Esse, um evento muito famoso em Maragogi. Os moradores das cidades vizinhas vão prestigiar a festa que faz parte do calendário anual.

O marisco geralmente é feito refogado e acrescido de leite de coco para fazer o molho. Usa-se bastante cebola, tomate e pimentão picados, além de coentro e alho. Também pode-se colocar o marisco como recheio de fritadas ao forno. Aqui em casa comemos muito no molho de coco como petisco.

MARAGOGI-MARISCOS

Muita gente coloca um pouco de farinha e gotas de limão

Você conhece Maragogi? Quando veio comeu um marisco no coco? O que achou? E quem ainda não veio, anota essa dica, porque experimentar o marisco faz parte do turismo em Maragogi. Também não deixe de fazer o passeio às piscinas naturais que são a maior atração da região.

Para salvar no Pinterest

Maragogi e suas marisqueiras