banner

Caminito em Buenos Aires: vale a pena conhecer?

Caminito é uma das atrações turísticas que está na maioria dos roteiros dos turistas que vão à Buenos Aires, mas é também assunto polêmico em conversas entre viajantes. Há quem goste e defenda a visita e há quem ache que não vale a pena.

Em nossas 3 viagens para a capital argentina visitamos a região em 2 delas.

Na primeira vez, fizemos a visita ao La Bombonera, o estádio do Boca Juniors que fica no mesmo bairro – La Boca e de lá seguimos para o Caminito.

Passeamos pelas ruas, almoçamos num dos restaurantes pega-turista, paguei a um dançarino do restaurante para simular que estávamos dançando tango, fizemos tudo que um turista com poucas viagens na bagagem faz.

⇔ Anote aí, não vale a pena fazer uma refeição nos restaurantes de lá, a comida não é lá essas coisas e as apresentações de tango que alguns oferecem deixam muito a desejar. Há muitos restaurantes bons na cidade e shows de tango que valem a pena.

⇒ Leia em nossa tag Argentina  todos os nossos posts reunidos, temos reviews de restaurante e de shows de tango.

Ruas do Caminito em Buenos Aires

Na outra viagem anos depois, estávamos com um casal de amigos que ainda não conhecia a cidade e foi um dos nossos destinos. Mais uma vez estávamos no La Bombonera, mas estava fechado para visita, seguimos para o Caminito que era nosso próximo destino, fomos a pé. Dessa vez não almoçamos, caminhamos pelas ruas e tiramos muitas fotos.

Como chegar

1 – De táxi

Para quem vai apenas para o Caminito, aconselhamos pegar um táxi e ir direto.

2 – A pé do La Bombonera

Quem vai visitar o estádio do Boca, pode seguir a pé do estádio, 400m separam La Bombonera da rua principal do Caminito. Pelo caminho podem encontrar alguns mendigos, mas também há algumas (pequenas) lojas e bares. As ruas não são desertas mas é aconselhável não deixar câmeras fotográficas e celulares à vista.

Loja no Caminito

3 – A pé de alguma parte da cidade

Há também quem goste de caminhadas, pode encarar ir a pé partindo de alguns pontos da cidade, o tempo de caminhada vai depender de onde estiver. Segue um mapa marcado com a Casa Rosada e o bairro de San Telmo para ilustrar a localização.

Bar em uma das ruas do bairro

4 – Usando o ônibus turístico

Essa foi nossa opção em nossa primeira vez em Buenos Aires. É uma maneira bem prática de conhecer um pouco da cidade e podemos descer nos pontos de interesse e depois pegarmos outro ônibus. Paramos no La Bombonera e de lá seguimos andando para o Caminito.

⇒ Leia Ônibus turísticos de 2 andares

O que ver

Para ter uma ideia do que vai encontrar no Caminito, é interessante saber um pouco sobre sua história.

Esquina principal do Caminito

Surgiu em 1959 como uma rua museu após a iniciativa de moradores da região, inicialmente a rua era chamada de La Curva porque seguia o caminho de uma antiga via de bonde. Quando o bonde parou de funcionar, a rua passou a ser um depósito de lixo, o que chamou a atenção dos moradores vizinhos que tiveram a iniciativa de procurar as autoridades municipais.

Daí surgiu o Caminito com suas casas em madeira ou placas de zinco, pintadas com cores vibrantes onde funcionavam lojas, restaurantes, galerias de arte e que também eram a moradia de muitos.

Mas o tempo foi passando e a região entrou em decadência novamente, atualmente cortiços servem de moradia no pavimento superior e no térreo funcionam lojas e restaurantes.

É muito comum caminharmos pela rua principal e vermos roupas entendidas entre as varandas das lojas.

Casas do Caminito

E fachadas com bonecos temáticos que ilustram janelas e sacadas, por isso, não deixe e andar olhando pra cima de vez em quando…

Janela de uma casa no Caminito

O que muitos condenam é o fato da originalidade ter sido perdida, muitas das fachadas são montadas, não são mais como no começo quando o Caminito ganhou a fama de reduto cultural onde artistas expunham e vendiam suas obras.

Apesar disso e das abordagens para tirar fotos com sósias de Maradona e do Papa Francisco que são muito frequentes de acontecerem com os turistas, o lugar rende lindas fotos. Eu que adoro fotografia não me arrependi de ter ido 2 vezes. Em cada uma delas percebi mudanças, lojas foram substituídas, restaurantes e bares fecharam e outros novos surgiram, algumas casas mudaram de cor e o visual consequentemente era outro.

Talvez numa próxima viagem não voltemos ao Caminito, mas isso se estivermos sozinhos, porque se nossas companhias não conhecerem ainda, com certeza voltaremos para mostrá-los.

Como toda cidade tem atrações que uns julgam imperdíveis e outros não veem graça, o Caminito está nessa lista dos pontos turísticos de Buenos Aires. Para quem vai pela primeira vez à cidade nossa dica é que inclua no roteiro sim.

Em 30 minutos a rua principal pode ser vista, é um lugar que pede pouco tempo, ninguém vai perder o dia por ter ido lá, então por que não conhecer e tirar suas próprias conclusões?

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
· ·
Categorias:
Argentina 🇦🇷 · Buenos Aires · Onde fui

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title