banner

Maragogi e as praias vizinhas do litoral Norte

Maragogi está no seu roteiro de uma viagem para o Nordeste? Vai ficar mais de 3 dias hospedado na capital da Costa dos Corais como é chamada a cidade? Então vale a pena conhecer algumas praias vizinhas.

Há várias e lindas tanto no litoral Sul como no Norte. Aqui, uma lista das mais procuradas no litoral Norte. Tem até uma que pra ser bem sincera eu não iria, você vai entender porquê em breve.

Depois de mais de 10 anos tendo São Bento, uma vila a 2,5 km de Maragogi como nosso segundo lar, conheçemos bem essa parte do litoral de Alagoas e vamos juntar nesse post as informações e experiências que temos para ajudar no planejamento do viajante que pretende conhecer esse paraíso.

Como ir

– Por conta própria se estiver com um carro alugado

– Contratando um passeio de buggy

Quando ir

– Entre os meses de setembro e meados de maio quando praticamente não chove

– O ideal é sair no começo da manhã para aproveitar o dia todo

Maragogi4

Praias mais conhecidas

Burgalhau

Barra Grande

Antunes

Ponta de Mangue

Peroba

Vamos a cada uma delas

Burgalhau

Colada à Maragogi, são apenas 5 minutos de carro/buggy pela estrada, Burgalhau é uma praia pequena, com um lindo mar azul e calmo. Ideal para ir com crianças porque o mar parece uma piscina.

Pela estrada é muito fácil encontrar a entrada, pois há uma placa bem grande sinalizando o restaurante que serve de apoio aos visitantes.

Maragogi21

Para quem estiver de buggy, outra opção é atravessar o rio, mas isso só quando a maré estiver bem baixa.

O acesso é por uma pequena estrada de barro e a região é ainda tão nativa que para chegar à praia é preciso atravessar uma pequena ponte de madeira.

Maragogi6

Logo após a ponte tem uma bifurcação, mas ambos os lados levam à beira-mar. Seguindo pela direita, chega-se direto ao restaurante e seguindo pela esquerda vai sair num acesso a 50m dele.

Maragogi1

É ainda bem deserta, com poucas casas de veraneio, mas com um bom restaurante que serve de apoio para quem pretende passar o dia, o Restaurante Burgalhau.

Maragogi39

É tão perto de Maragogi que dá pra ver os catamarãs que fazem os passeios às piscinas naturais. Usei o zoom da câmera, mas são visíveis facilmente.

O restaurante é simples, tem umas barracas cobertas à beira-mar com espreguiçadeiras, uma área coberta com redes para quem quiser curtir a brisa na sombra, chuveirão e banheiros e serve uma boa comida no almoço, além de petiscos variados. A especialidade são frutos do mar é claro.

Maragogi42

Vejam que o restaurante é simples, típico de beira de praia

Maragogi24

Barracas cobertas com espreguiçadeiras no Restaurante Burgalhau

Maragogi-redes

Área com redes para quem quiser curtir a brisa ou cochilar depois do almoço 🙂

Maragogi14

Camarão à parmegiana foi um dos pratos que já comemos no restaurante

Maragogi13

Outro que experimentamos foi uma peixada, essa não poderia faltar!

Uma dica para quem pretende curtir a praia e almoçar no restaurante, é fazer o pedido do almoço e ficar esperando nas barracas à beira-mar, dar um mergulho que os garçons avisam quando o almoço for servido. Como tudo é feito na hora, demora pelo menos 45 minutos para os pedidos chegarem à mesa, assim, dá pra aproveitar esse tempo curtindo a praia.

No restaurante tem chuveirão e banheiro, que são um apoio super válido :).

Nele também funciona um receptivo que organiza passeios às piscinas naturais.

Barra Grande

Já foi uma praia muito badalada da Costa dos Corais, mas com a invasão do mar, hoje em dia não é mais procurada porque o acesso à praia é difícil, está restrito a uma área bem pequena, o que espantou os turistas de lá.

Maragogi20

O mar é lindo, sem ondas mas essa dificuldade tirou Barra Grande do caminho turístico já que é complicado chegar perto do mar e claro, dar um mergulho apesar do lindo mar azul. Por isso eu disse que não iria…

É a primeira praia após Maragogi a ter uma comunidade, a cidade é bem pequena mas tem muitas casas de veraneio e algumas pousadas.

Maragogi5

O mar é uma piscina. É comum ver esse tipo de passeio pelas águas de Barra Grande, mas partem das praias vizinhas.

Uma atração em Barra Grande é uma das 3 piscinas naturais mais procuradas. Por ser bem próxima à Maragogi, os catamarãs que não vão para as Galés, vão até elas para os turistas mergulharem para ver os corais e os peixes coloridos.

Explico detalhadamente no post Maragogi: tudo sobre as famosas piscinas naturais

Antunes

Pra mim é a que tem o mar mais encantador da região.

Maragogi28

Vindo pela estrada e entrando logo na placa indicativa, fica a 2 minutos de Barra Grande.

Maragogi27

Seguindo a placa, chega-se ao único barzinho da praia, bem simples à beira-mar que oferece aluguel de mini-buggy, stand up paddle, caiaque, algumas cadeiras com sobrinhas, cerveja gelada e algum petisco pra beliscar.

Maragogi34

O barzinho é praticamente uma barraca, tem essas sombrinhas com cadeiras em frente

Maragogi30

Mini-buggys de aluguel

Não tem nenhuma estrutura, as poucas casas por perto são de veranistas ou de aluguel. É tão colada à Ponta de Mangue que não se sabe exatamente onde termina uma pra começar a outra.

É nesse ponto onde se concentra a maior parte dos visitantes, tanto pela indicação da placa na estrada como pelo apoio do bar, mas para quem não tem interesse em alugar nenhum brinquedo ou sentar numa cadeira do bar, pode passar da placa e 2 entradas após o Sítio Xareuzinho dobrar à direita e seguir em frente. Chegará a um ponto de Antunes bem calmo, apenas com casas de veraneio/ aluguel e curtir a praia quase particular.

Maragogi44

É perfeita para quem está com crianças e para quem curte uma praia calma, com pouca gente e gosta de tomar banho de mar.

Em Antunes também pode-se alugar jangadas ou ir de catamarã que partem das praias vizinhas e ir pras pequenas piscinas naturais que se formam um pouco a frente da margem do mar. Como as outras, só é possível mergulhar na maré baixa.

Maragogi31

Piscinas naturais de Antunes

Ponta de Mangue

Fica a menos de 5 minutos depois de Antunes mas é bem mais movimentada. Tem condomínios de casas e chalés, pousadas e alguns restaurantes com receptivos que levam às piscinas da região.

Sempre tem muita gente nos bares/restaurantes, é difícil encontrar um lugar pra estacionar já que as ruas são estreitas, mas com calma encontra-se onde deixar o carro. Mas nada comparado com as praias urbanas. Um dos mais conhecidos é o Bar da Praia. Tem refeição, banheiro e chuveirão e receptivo para passeios.

Maragogi-Bar-da-praia

Seguindo pela entrada da BR, chega-se a esse ponto. É melhor estacionar antes porque não dá pra seguir muito em frente porque já está o mar.

Maragogi3

Bar da Praia visto do mar

Maragogi26

O mar é bem calmo e tem muitos currais para pesca ao longo da orla (são armadilhas montadas pelos pescadores).

Maragogi25

Peroba

É a última praia antes de chegar a Pernambuco. É a que tem mais pousadas, restaurantes e condomínios para aluguel. O mar é lindo e azul, muito calmo e como tem muitos restaurantes, é uma ótima opção para passar mais tempo.

Maragogi33

Os currais para pesca também são muito comuns em Peroba

Os passeios que partem dos receptivos de lá seguem também para as pedras de São José da Coroa Grande já no litoral pernambucano.

No caminho pra Peroba, é muito comum encontrar barracas na beira da estrada vendendo frutas da época, como manga, caju, acerola e mangaba, além da passa de caju.

Maragogi35

Eu nunca resisto a uma manga, adoro!

Sugestão de roteiro para quem vai de carro próprio

Para quem estiver de carro, eu aconselho sair de Maragogi direto pra Peroba e fazer o caminho inverso.

De lá seguir pra Ponta de Mangue, entrar em Antunes e tomar um delicioso banho de mar, curtir um pouco a praia e terminar o passeio em Burgalhau, como tem uma boa comida, programe-se para chegar no restaurante Burgalhau perto das 13h, faça o pedido do almoço, curta a praia e depois do almoço ainda dá pra descansar nas redes pra seguir de volta pra Maragogi.

Não perca tempo entrando em Barra Grande, não vale a pena, infelizmente o acesso ao mar está muito ruim.

Sugestão de roteiro para quem vai de buggy

Para quem vai de buggy, o ideal é ir num dia com maré baixa pra conseguir ir de uma praia a outra pela areia, como é o caso de Maragogi/Burgalhau, depois Antunes/Ponta de Mangue/Peroba.

Que o passeio de buggy é uma delícia que não posso negar, em Maragogi há uma associação de bugueiros que organiza tudo. Eu confesso não ser muito ‘amiga’ desse transporte, acho perigoso o trajeto pela BR com 2 ou 3 pessoas sentadas atrás, ninguém senta nos bancos, o que vemos aqui é todo mundo sentado no encosto.

Maragogi23

Vejam 4 pessoas sentadas na parte de trás do banco do buggy. Isso é muito comum de se ver por lá.

Outra coisa é a questão de circular pela areia. Para quem está nas praias é muito chato ficar se preocupando com o ‘trânsito’ e estando com crianças então nem se fala, mas sei que isso acontece em todos os lugares e faz parte do turismo. Mas gostar eu não gosto, não vou mentir.

Maragogi38

Crianças brincando na areia e lá vem um buggy…

Para quem prefere esse transporte…antes de contratar, negocie até que praia pretende chegar. O passeio dura em média 1:30h, como as praias não são distantes umas das outras e indo de buggy não tem paradas, não tem como demorar mais do que isso.

Maaas, quer um conselho? Alugue um carro nem que seja apenas para fazer esse passeio. É outra coisa ir no próprio carro, você fica o tempo que quiser em cada praia, se estiver com criança não tem comparação. E ainda pode almoçar onde quiser, seja em Burgalhau como sugeri, ou começar por lá e terminar em Peroba onde tem vários restaurantes e voltar direto pra Maragogi.

Ah, e mesmo estando de buggy, não deixe de parar em uma das barracas que vendem frutas e compre a que mais lhe agrada, são sempre de excelente qualidade, sem nenhum agrotóxico. Uma bacia com 10/12 mangas por exemplo, custa R$ 10,00. Uma manga no lanche é tudo de bom!

Como dá pra perceber, fica apertado conhecer essas praias e esticar pra o litoral de Pernambuco. Pra Porto de Galinhas/ Muro Alto, que são as mais distantes de Maragogi, são 100km de estrada.

Agora, quem tiver muitos dias em Maragogi e puder reservar 1 dia exclusivamente para elas, ok, mas partir parando com a finalidade de chegar até Porto e voltar pra Maragogi, acredite, é roubada, não compensa.

A estrada não é duplicada e sempre tem muito movimento, e se for na época da colheita de cana, ainda encontra-se muitos treminhões pelo caminho, o que torna a viagem mais demorada.

Maragogi-treminhao1

O treminhão é aquele caminhão que tem 2 carros a mais para carregar cana, por isso o nome, são 3 partes. Eles são muito lentos e sempre tem grandes filas de carros atrás até que entrem nas usinas

Deixo claro que essa questão de contratar buggy é uma questão pessoal, vejo muitos turistas alugando, nunca soube de acidentes graves pela região, em outras praias sim, mas em Maragogi não. Como já comentei no início desse post, temos casa lá há mais de 10 anos, nosso caçula chegou a São Bento ainda engatinhando. Nossa casa é à beira-mar, era muito incoveniente ficarmos na areia com ele e com os outros que ainda eram crianças pequenas. E ainda bem que é uma praia ainda super deserta, mas mesmo assim está na rota de quem vai pra o litoral sul de Maragogi.

Já houve um verão que a polícia colocou placas proibindo o acesso de carros de passeio à praia, os buggys podiam por terem uma associação que respondia pelos bugueiros, mas essa resolução não durou mais do que 1 mês, infelizmente.

Estando apenas 1 casal, ou no máximo com 1 criança, não vejo problema em fazer esse passeio de buggy, estando num grupo maior, contratem mais de 1, não tem dinheiro que pague a segurança gente. Andar por uma BR sem cinto de segurança, mesmo que seja por trechos pequenos, não vale o risco. Nós já alugamos buggy em Fortaleza, mas estávamos sem as crianças. Não somos contra, mas antes vemos as condições de nossa segurança e a posição dos bugueiros. Turismo com segurança para todos!

Pensem nisso :).

Dicas

– Antes de programar a viagem pra Maragogi, dê uma olhada na tábua das marés, ir até lá sem visitar pelo menos uma das piscinas é um pecado;

– Quem tiver máscara e snorkel, não deixe de colocá-los na mala, são imprescindíveis;

– Sapatilhas para caminhar nas pedras também ajudam muito, mesmo sem poder ficar em pé nos corais, muitas vezes pode-se pisar sem querer num ouriço ou em pequenos pedaços dos corais que se desprendem;

– Quem não tiver câmara à prova d’água ou capa para celular, não deixe de comprar uma câmara descartável com essa função, as fotos aquáticas são um show à parte;

– Protetor solar, camisa com proteção UV e boné/chapéu não podem ficar de fora da bolsa, não tem onde se proteger do sol na maioria das praias;

– Como deu pra perceber, as praias são ainda bem nativas, sem grandes estruturas, assim, antes de programar o passeio, pense no que deve levar que poderia lhe fazer falta, como uma toalha, uma muda de roupa, enfim, vai de cada um como se sente após um banho de mar onde pode não ter lugar para tirar o sal por exemplo :).

Quem já visitou essas praias e tem alguma experiência pra acrescentar aqui? Use o espaço dos comentários, outros leitores agradecem :).

Mais sobre Maragogi:

Maragogi e as marisqueiras de São Bento
Maragogi: tudo sobre as famosas piscinas naturais

Maragogi e as praias vizinhas do litoral Norte

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
· · · · ·
Categorias:
Brasil 🇧🇷 · Maragogi · Onde fui

Comments

  • Boa tarde. Vocês tem alguma postagem falando sobre São Bento?
    E vamos de carro de Recife a Maragogi. Qual o melhor caminho e horário em uma quarta feira?
    Obrigada. Estou adorando as dicas!
    Um beijo.

    Laressa Fernandes 29/05/2017 12:04 Responder
    • Olá Laressa, o post que temos sobre São Bento fala de uma tradição local que são as marisqueiras, não tem informações turísticas porque é uma vila bem pequena que fica a 2,5km de Maragogihttp://cantinhodena.com.br/2012/02/maragogi-e-as-marisqueiras-de-sao-bento/. Com relação à viagem de carro, o melhor caminho é seguirem pela BR 101 até o Cabo de Santo Agostinho onde pegariam a PE-060 e a partir dela chegarão direto em Maragogi passando pela divisa logo depois de São José da Coroa Grande. Não tem erro, é seguir em frente e chagarão à entrada de Maragogi. Por ser uma quarta-feira, não tem horário de pico de trânsito, devem pegar pista tranquila. Obrigada pela visita.

      Cynara Vianna 29/05/2017 16:44 Responder

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title