banner

Havana: o charme e os encantos da capital cubana

Cuba deve ser um dos destinos mais inusitados do mundo. Quando você compra uma passagem para Cuba, você ganha de bônus uma viagem no tempo, mas que você pode voltar para o presente quando quiser. Acho que devo começar falando de Cuba pela importância político-social da Ilha. Não vou entrar em questões políticas propriamente ditas, mas não dá para desconsiderar o fato de que o mundo só conhece Cuba porque aquela ilha no meio da América Central, ao contrário das demais ilhas e pequenos países da mesma região, ousou revoltar-se contra o domínio dos Estados Unidos e resolveu fazer sua própria história. Concordemos ou não com os rumos, isso mudou a história desse pequeno país.

O fato é que todos nós sabermos que Cuba existe, que lá tem um sistema político diferente da grande maioria do mundo e que eles vivem em uma eterna – e ultimamente menos tensa – briga com os Estados Unidos. Só esse ponto já torna Cuba um lugar completamente diverso de tudo que você já viu. Se eu te perguntar quem governa e como é o sistema político de El Salvador, República Dominicana, Guiana Francesa ou Panamá, dificilmente você saberá. Porém, Cuba tem uma história própria. Sabe-se também que Cuba ao longo dos anos dedicou-se a construir um governo socialista, mas que depois da queda da antiga URSS – sua principal parceira econômica – passou por maus tempos e a prosperidade que durou dos anos 60 aos anos 80 deixou de existir nos anos 90. Os últimos dez anos vêm sendo de reconstrução e de mudanças de paradigmas, e a abertura para o turismo é uma delas.

havana-a-capital-cubana-carros

Já faz mais de 50 anos que os EUA impõem à Cuba um bloqueio econômico que a impede de ter os mesmos parceiros comerciais que eles. Ou seja, de forma superficial, os EUA cortam relações econômicas com qualquer país que tenha tais relações com Cuba. Oficialmente apenas países como China e Venezuela mantêm, de forma mais sistemática, relações econômicas com Cuba. Na prática, muita coisa já chega lá. A ilha, mesmo com toda adversidade e também com todas as contradições, figura no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano da ONU como o segundo país mais desenvolvido entre os países da América Latina e Caribe, ficando atrás apenas do Chile. Para termos uma ideia, Cuba está em 44º e o Brasil em 79º. O Banco Mundial considera a educação de Cuba comparável à dos países mais desenvolvidos do mundo e a saúde do país é uma referência mundial. É lógico que Cuba também tem outros tantos problemas como, por exemplo, o acesso à informação, à tecnologia e a conservação de casas e prédios históricos. Feito um preâmbulo (que era para ser curto mas rendeu muito), vamos para a viagem!!!

Ok, esse preâmbulo foi longo, mas é muito importante para que as pessoas entendam um pouco o que é ir a Cuba. Se você não tem curiosidades sociais e antropológicas sobre a vida no país caribenho, eu não indicaria essa viagem! Ou melhor, eu não indicaria esse roteiro. Mas Cuba tem também um roteiro que pode ser mais focado em uma viagem praticamente exclusiva para o Caribe Cubano e para os lugares mais luxuosos. Contudo, nosso roteiro foi bem voltado para desvendar a Ilha – em apenas 11 dias fizemos La Habana (Havana), Cayo Santa Maria e Trinidad. Fizemos questão de nos hospedarmos em casas de cubanos, de pegar almendrons (aqueles carros antigos que servem de táxis coletivos) e de conversar com os cubanos sobre a vida, as alegrias e as dificuldades, que por não serem poucas na ilha, tornam seu povo ainda mais interessante.

Por outro lado, não abrimos mão de comer muito bem, como buscamos fazer em todas as viagens, e conhecer o melhor da arte e da cultura local. Também neste aspecto, Cuba não nos decepcionou e eu espero também não te decepcionar.

havana-a-capital-cubana-Cuba

Havana

Capital do país. Para mim, imperdível. La Habana, ou só Havana, para nós, é uma cidade única, que reúne um pouco de tudo que Cuba tem. Chegamos em um voo da Copa Airlines, que saiu de Brasília às 2h, fez uma conexão rápida na Cidade do Panamá, e chegou na capital por volta do meio dia. O aeroporto fica a 30 minutos do centro da cidade e nós, ao fecharmos a hospedagem, combinamos também o traslado. Geralmente esse serviço custa o preço fixo de 25 CUC (ao final vou explicar a questão da moeda). Caso você não combine dessa forma ou o lugar que você reserve a hospedagem não ofereça esse serviço, entre em contato com o Sr. Aldo, cujo número estará abaixo deste post.

Vou dividir Havana em tópicos e vou começar pela hospedagem.

Hospedagem

O melhor da internet para mim é compartilhar experiências, e os blogs de viagens são os melhores neste quesito. Escrevendo aqui penso com felicidade que vocês vão ficar com o filé! Huahuahuahua Não que a gente tenha passado maus bocados em cuba, de jeito nenhum! Mas lógico que temos o nosso preferido e é o que vamos indicar. Se for para Havana fique em Vedado. Vedado é muito perto do centro de Havana, da chamada Havana Vieja, mas guarda um pouco de bairro pacato. Você não está a todo tempo exposto ao mundo do turismo, aos jineteiros (um tipo de guia turístico que ganha comissão quando indica um determinado restaurante ou casa de família). Como todo bairro afastado do centro, dá para sentir mais a vida do lugar. Adorei Havana Vieja, mas se voltar, volto a Vedado.

O melhor lugar que ficamos (ficamos ao todo em 3 lugares) foi a Villa Romero. O Casal dono da casa, Lizzie e Andrea, é maravilhoso! Ele é italiano e ela cubana. Voltaram da Itália há 5 anos e compraram esta casa para morar e também alugar os quartos. É uma casa grande, restaurada, charmosa e há duas quadras do malecón.

Havana-a-capital-cubana-pousada

Fica perto do Meliã Cohiba e também bem perto de um dos pontos de parada do ônibus de turismo da Cubatour. A estrutura da casa é comparável a qualquer pousada boa que ficamos ao redor do mundo, acrescida de um atendimento personalizado e maravilhoso, que nos rendeu uma amizade que espero durar para a vida toda.

Os quartos são extremamente limpos, o café da manhã (5 CUC), não incluso na diária (35 CUC), também era vasto e delicioso.

Havana-a-capital-cubana-quarto

O único problema da casa é que é tão, mas tão agradável, que a vontade que eu tinha todas as noites era de ficar tomando rum ali no terraço mesmo. Lizzie nos deu também as dicas das melhores coisas que fizemos em Havana. O seu conhecimento de arte, e especificamente de arte cubana, está impresso no DNA da pousada, que tem cada habitação com o nome de um artista cubano, e dentro a decoração é inspirada no artista. Tudo de muito bom gosto!

A casa também fica bem perto da Galeria Paseo, onde tem o Jazz Café, um dos mais famosos jazz da cidade e tem também um supermercado que dá para comprar água, bebidas, refrigerantes, enfim, o que precisar. Por ser perto do Meliã Cohiba, é também fácil fazer cambio, pois no hotel tem uma Cadeca (a casa de câmbio oficial). Tanto neste hotel como no Hotel Presidente, um pouco mais distante, mas que dá para ir facilmente a pé, tem internet. Para se conectar você precisa comprar um cartão, que varia de preço por hotel. No Presidente é mais barato, no Cohiba mais caro. No Cohiba também é possível usar os computadores da lan house. No Presidente só usei o wi-fi no meu celular.

havana-a-capital-cubana-arte

Pontos turísticos

Existem dois tipos de passeios, acredito que como em todo lugar do mundo. Há os pontos turísticos mais convencionais e os mais diferentes. Vou começar pelos convencionas, porque é praxe e tem que ir, né?

Praça da Revolução – É muito legal. São de lá as imagens mais comuns de Cuba. Quando falamos de Cuba, lembramos daquele enorme prédio com a imagem de Che Guevara em ferro. Pronto, é lá. A praça tem também um monumento, igual ao de Che, para Camilo Cienfuegos, outro líder da Revolução Cubana, a sede do Governo Cubano, e o Memorial José Martí.

havana-a-capital-cubana-ruas

Museu da Revolução – O Museu mais importante para os Cubanos. Conta a história da Revolução, mas deixa a desejar sobre as questões mais atuais. A contagem da história para na década de 70. Sem dúvida imperdível, mas precisa ser atualizado.

havana-a-capital-cubana-museo-revolucao

Capitólio – Só conhecemos por fora pois estava fechado para restauração, como muitos pontos turísticos da cidade. O Capitólio de Havana é uma réplica do Capitólio dos EUA. É realmente lindo e deve ser imperdível o passeio quando for reaberto.

Teatro Nacional de Cuba – Na mesma situação do Capitólio estava o Teatro Nacional de Cuba. À noite, mesmo em obra, o teatro tem uma iluminação espetacular. Por estar fechado para reforma não pudemos ver o belíssimo ballet cubano fazer um espetáculo lá. Mais do que valer a pena, se você for a cuba e o Teatro Nacional já estiver reaberto e estiver agendada apresentação do Ballet Nacional de Cuba, é obrigação ir! Nós, infelizmente, não conseguimos assistir uma apresentação do ballet, mas as pessoas que já foram falaram que é emocionante.

havana-a-capital-cubana-teatro-nacional

Museu Nacional de Bellas ArtesArte Universal – Não deu tempo de chegar lá por um motivo muito nobre: não conseguimos sair do Museu Nacional de Arte Cubano. Havíamos separado um turno para os dois e quase não deu para o primeiro.

Museu Nacional de Bellas ArtesArte Cubano – Sensacional e imperdível. Este Museu nos surpreendeu muito positivamente. São 3 andares de diferentes tipos de arte. Acho que por saber tão pouco da arte cubana aquilo nos encantou demais. O museu está todo reformado, digno de qualquer cidade moderna. Reserve no mínimo 3 horas para esse passeio. Ele é simplesmente o melhor que fiz em museus de arte nos últimos anos. Chegar lá é bem fácil, pois fica atrás do museu da Revolução.

Castillo del Morro – Uma linda fortaleza que fica na ponta do Malecon de Havana. De Havana olhar para o Forte é lindo, e do Forte olhar para Havana é um espetáculo. Lindo demais! Pode-se chegar lá pegando o ônibus de turismo que sai da praça próxima ao Capitólio. O ônibus sai a cada 30 minutos e faz um passeio legal por todos os bairros e pelos principais pontos turísticos da cidade.

havana-a-capital-cubana-fortaleza

havana-a-capital-cubana-Castillo

Plaza de La Catedral – Muito linda e rodeada de deliciosos restaurantes como o Pátio e o Dona Eutimia. Tem também umas lojas legais. Vale a pena ir durante o dia e à noite. São duas paisagens diferentes e riquíssimas. É também nos arredores que fica a La Bodeguita del Medio, onde vendem o mais famoso Mojito da cidade (por preços exorbitantes).

havana-a-capital-cubana-catedral

havana-a-capital-cubana-plaza2

Hotel Nacional – lindo! Linda vista do Malecon e do pôr do sol de Cuba. Vale comprar um Puro Cubano (que é como eles chamam os charutos) e ir para a área aberta do Hotel fumar e tomar um mojito.

havana-a-capital-cubana-hotel-nacional2

havana-a-capital-cubana-hotel-nacional

Malecon – O pôr de sol de lá é indescritível. Acontece entre 19h40 e 20h e o melhor lugar para ver é em Vedado, na altura do Hotel Meliã Cohiba ou do Riviera. O sol se põe espetacularmente no mar. É lindo!

havana-a-capital-cubana-malecon

havana-a-capital-cubana-por-do-sol

Calle Obispo – Não é nada demais, tem lojas, galerias, feiras com coisas legais, restaurantes tipicamente cubanos. Não tem como não dá uma passadinha na Obispo, nem que seja para conhecer o La Floridita.

havana-a-capital-cubana-obisco

Baladinhas e Comidinhas

Fábrica de Arte Cubana (FAC) – Outro lugar que a arte cubana me impressionou positivamente. É um museu de arte moderna e interativo, mas é também uma mega balada, um delicioso lugar para comer e beber drinks deliciosos, tudo a preço digno. É uma balada cultural sensacional. Simplesmente amamos! Voltaremos lá em breve e espero passar muitas noites nesse lugar tipicamente jovem-alternativo-cubano.

havana-a-capital-cubana-fabricadearte1

Calle 26 – Equina 11 | Vedado La Habana Cuba, Havana 10400,

Paga um valor para entrar e o preço das bebidas e comidas são os mais baratos de todos os lugares que fomos. Lá tomamos a única piña colada totalmente original e pelo menor preço.

Jazz Café – Conhecido lugar onde o Jazz cubano é apresentado. Fica na Galeria Paseo. O lugar chega a assustar quando a gente entra. Parece que ele está meio abandonado, é um prédio velho, bem acabadinho, mas é bem legal lá dentro. Tem apresentação de jazz, se não me engano, todos os dias.

Paga-se um valor para entrar, que é revertido em consumação. Dá geralmente para comer um petisco e tomar alguns drinks. Lá optamos por uma cuba libre para acompanhar o jazz!

havana-a-capital-cubana-fabricadearte2

La Floridita – O lugar é histórico. Vale entrar, tirar uma foto com o Hemingway, e sair. Não tem nada demais. O Daiquiri é bom, mas não vale o que cobram. No máximo, peça um para pousar para foto. Todo mundo tira a foto com o mesmo copo e vai beber depois em um lugar mais barato. Ahhh tem sempre música legal tocando, mas tudo MUITO turístico.

havana-a-capital-cubana-floridita

havana-a-capital-cubana-LaFloridita1

Calle Obispo 557 esquina Monserrate, Habana Vieja.

Não comemos e o Daiquiri 5 CUC

SiáKara Café – Um lugar agradabilíssimo. Acredito que só fica aberto à noite. O ambiente junta jantar com drinks e boa música. É uma baladinha light com boa comida. O ambiente é uma delícia – inovador, juntando o antigo com o moderno. Quando fomos comemos muito bem e ainda ouvimos um pianista espetacular. Tomamos bons drinks e fomos muito bem atendidos.

havana-a-capital-cubana-Siakara

Calle Industria Nº 502, esquina Calle Barcelona.

Pratos entre 5 e 7 CUC

Doña Eutímia – O Doña Eutímia é daqueles restaurantes que você vai sempre querer voltar quando for a Havana. Lugar aconchegante, comida deliciosa, atendimento excelente e drinks muito bons! Ao lado tem uma oficina de arte muito legal. A localização do lugar só incrementa o seu charme.

havana-a-capital-cubana-siakara2

havana-a-capital-cubana-eutimia

Callejon del Chorro # 60-C | Plaza de la Catedral, Habana Vieja,

Pratos entre 7 e 10 CUC

El Cocineiro – Simplesmente belíssimo. Extremamente moderno. Indescritível. Tem que ir. Tem ambiente de jantar mais tranquilo e uma cobertura linda com uma pegada mais baladinha para casais. A casa é antiga e restaurada com uma chaminé gigante que abrilhanta demais o ambiente. Fica ao lado da FAC. Às vezes dá para jantar no El Cocineiro e depois esticar a balada na Fábrica de Artes. Mas cada um também dá uma saída noturna por si só.

Calle26 e/ 11 y 13, Vedado.

Pratos entre 7 e 10 CUC

304 O’ Reilly – Uma delícia de lugar. Agradável, charmoso, aconchegante, com uma comida muito boa e drinks sensacionais. Está aberto no almoço e jantar e sempre para drinks. É conhecido pelo barman que já saiu em jornais por fazer a melhor Piña Colada da região, mas todos os drinks são dignos de notícias nos jornais. O preço também é bem justo. Fica perto da Calle Obispo bem no centrão de Havana Vieja. O endereço correto é justamente o nome do lugar,

havana-a-capital-cubana-304

Calle O’ Reilly nº 304.

Pratos entre 5 a 8 CUC

La Guarida – O mais famoso restaurante de Cuba, porque lá foi gravado o filme Morango e Chocolate. O lugar é realmente muito bom. Ele em si é o retrato das contradições cubanas. O restaurante é altamente sofisticado (e caro para os padrões cubanos) e fica em um sobrado bem, mas bem acabado. Essa intrigante relação entre o sofisticado e o antigo é extremamente presente nos melhores restaurantes cubanos. Eles sabem usar a decadência de alguns prédios e casas muito a favor da ambientação do lugar, deixando-os únicos e especialmente charmosos. O La Guarida, com certeza, faz uso disso ao extremo e imprime esta característica à sua identidade. Eles levam isso tão a sério que na entrada você chega a ter dúvidas se realmente chegou ao seu destino, mas ao subir o primeiro vão de escada você se depara com os guardanapos e toalhas de mesa estendidas no vão do sobrado e se encoraja para subir mais um lance de escada e chegar finalmente ao charmosérrimo La Guarida. Comida e atendimento impecáveis e vocês não pode deixar de ir ao banheiro do lugar, que é um ambiente à parte.

havana-a-capital-cubana-laguarida

Calle Concordia. No. 418, Havana, Cuba

Pratos entre 10 e 20 CUC

Transporte

havana-a-capital-cubana-laguarida2

– Você pode se locomover por Havana de várias formas. Primeiramente vale caminhar muito por Havana Vieja e por Vedado, mesmo à noite. Alguns lugares são escuros, mas a cidade é muito segura – eles se orgulham muito disso, e comprovamos essa fama! Há os chamados Coco Taxis (pequenos veículos em formato de coco), usados por turistas, e absurdamente caros.

Há os taxis convencionais (carros novos amarelos), que geralmente cobram de 5 a 10 CUC a corrida, e os almendrons. Esse último é o que mais usamos. São aqueles carros antigos, mal conservados, e que os cubanos usam como transporte oficial no dia a dia. Cobram 1 CUC para duas pessoas, e têm roteiro próprio. Você tem que parar na calçada das principais avenidas e fazer cara de quem está esperando taxi (rs). Daí eles vão parando e você fala o nome da rua que deseja ir. Se for o caminho dele, pronto! Se não, você espera o próximo.

havana-a-capital-cubana-taxi

Ônibus de Turismo

 

havana-a-capital-cubana-transporte-turismo

Como vemos a cidade do alto do ônibus turístico

– Gostamos muito de fazer os passeios de city tour nas cidades que oferecem os famosos ônibus jardineira (aqueles com a cobertura aberta). Em havana o roteiro do ônibus de turismo é muito legal. Custa 5 CUC o dia, e você percorre quase a cidade inteira, parando nos locais em que desejar, e pegando o próximo ônibus para seguir no percurso.

Para ver outros passeios em ônibus turísticos, clique aqui.

Esperamos que as dicas sejam úteis, e que vocês ousem conhecer a belíssima Havana!

No próximo post falaremos sobre o Cayo Santa María e Trinidad!

havana-a-capital-cubana-eles

Post com colaboração de Rodolfo Cabral.

Já baixou o nosso guia com dicas de como planejar uma viagem por conta própria? Ainda não? Veja aqui como é simples.

Havana e seus encantos

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
· · ·
Categorias:
Cuba 🇨🇺 · Onde fui

Comments

  • Pingback: Dólar acima dos R$4,00 novamente | 360meridianos

    • Fico muito feliz que o post tenha aumentado a vontade de vocês :). Obrigada pela citação.

      Cynara Vianna 05/01/2016 10:38 Responder
  • Post lindo… já foi para os favoritos… em Abril, estaremos lá!!
    Uhuuu

    Mirella 06/01/2016 18:41 Responder
    • É mesmo Mirella? Que delícia! Na volta vou ver seus posts. Boa viagem.

      Cynara Vianna 07/01/2016 11:01 Responder
  • Boas dicas!
    Estarei lá em novembro e já anotei tudo.
    Obg
    Lia

    Lia 02/09/2016 16:38 Responder
    • Que ótimo Lia, boa viagem.

      Cynara Vianna 05/09/2016 08:36 Responder

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title