banner

Fort Lauderdale: bate-volta para cidades vizinhas

O que fazer em uma semana na Flórida além de Miami? Vou contar pra vocês nossas escolhas. Fizemos bate-volta partindo de Fort Lauderdale para algumas cidades próximas. Como estávamos de carro, passamos um dia em Naples e em outro dia, fomos para o Norte do estado. Passamos por várias pequenas cidades praianas. Vou mostrar um pouco pra vocês como foi esse dia de carro pelas estradas.

Nosso roteiro foi: Boca Raton, Delray Beach, Boyton Beach, Lake Worth, Palm Beach e Pompano Beach.

viagem-a-dois-para-Fort-Lauderdale-mapa

A previsão do tempo mostrava que seria um dia nublado, com muito vento mas sem chuva e realmente foi assim, mas o vento era tão forte, mas tão forte que não tivemos coragem de nos esticarmos numa toalha nas areias da Flórida como planejávamos. Fomos com roupas de banho mas sequer molhamos os pés no mar. Nos detivemos em apreciar a paisagem e conhecer um pouco mais esse estado americano que atrai tanto turistas.

Saímos de Fort Lauderdale e pegamos a I-95, em pouco mais de 30 minutos estávamos chegando ao nosso primeiro destino.

Boca Raton

Situada no condado de Palm Beach, Boca Raton tem em torno de 85.000 habitantes distribuídos em seus 81 km² de área, onde apenas 5 km² são cobertos por água. É uma cidade muito boa para compras, nela fica o famoso Town Center com mais de 220 lojas de famosas grifes. A cidade também oferece festivais de jazz concertos.

Como nossa intenção era passear pelas praias, não fomos à procura do shopping, fomos em busca da via costeira para vermos o mar e as famosas mansões que contornam a orla dessa região da Flórida. E pra isso, tínhamos que chegar na A1A. Não foi difícil, com o GPS foi tarefa fácil.

E o que vimos foi que o acesso à praia não é tão fácil como pensávamos. O mar só é visível em pequeníssimos trechos, estacionamento é coisa impossível e as lindas casas tomam conta de toda a costa. Ver o mar em Boca Raton é só para quem mora lá, para quem estaciona nas ruas próximas (coisa que não fizemos porque não queríamos perder tempo procurando já que não iríamos tomar banho de mar), para quem tem uma casa à beira-mar e só.

Fort-Lauderdale-bate-volta45

Tentamos parar mas não conseguimos, então resolvemos seguir em frente para a próxima praia. Mas na volta nós entramos na cidade e fomos conhecê-la um pouco mais. Mas vamos adiante na ordem que fomos vendo as coisas…

Fort-Lauderdale-bate-volta9

Highland Beach

Colada à Boca Raton, fica Highland Beach, não sei onde termina uma e começa a outra, só percebemos que estávamos em outra praia porque vimos placas e apareceu no Snapchat quando fui postar in loco. Nem aparecia no mapa quando estávamos programando o roteiro.

Fort-Lauderdale-bate-volta1

Fort-Lauderdale-bate-volta17

Delray Beach

Mais uma cidade ‘colada’ kkkk. Indo pela A1A não dá pra saber onde acaba uma e começa a outra, percebemos isso por todo o trajeto nessa estrada.

Delray tem 41 km² de área e pouco mais de 60.000 habitantes. Não entramos na cidade, mas a orla é exatamente igual a Boca Raton. Casas lindas no lado da costa e outras tantas no lado contrário onde fica o rio e os decks com os barcos ancorados em frente a cada residência.

Em Delray há uma orla com fácil acesso à praia, finalmente iríamos colocar os pés na areia :). Chegamos num local onde há um parquímetro, fica em frente ao Anchor Park.

Fort-Lauderdale-bate-volta44

Fort-Lauderdale-bate-volta43

Fort-Lauderdale-bate-volta11

Descemos do carro e apesar do vento fortíssimo, fomos ver o mar finalmente! A praia estava bem deserta e o céu bastante nublado.

Na entrada da praia, uma placa mostrando as regras e logo depois, quadras de vôlei para os banhistas.

Fort-Lauderdale-bate-volta6

Fort-Lauderdale-bate-volta2

Depois de alguns minutos na praia, voltamos e atravessamos a rua, entramos no parque. É pequeno mas tem banheiro público, aproveitamos e fomos já que não sabíamos onde teríamos outra oportunidade antes de pararmos pra almoçar. Estava limpo, não era o banheiro de nossa casa mas dava pra usar bem :).

No parque também há placas com informações sobre a sinalização da praia. Vimos tanto lá como em Miami, que em alguns pontos há umas bandeiras coloridas que indicam as condições do mar. E essa placa explicava isso.

Fort-Lauderdale-bate-volta42

E voltamos para a estrada…

Boyton Beach

Não paramos em Boyton Beach, apenas passamos. Queríamos parar mas como o tempo não estava favorável para praia, resolvemos continuar.

Fort-Lauderdale-bate-volta29

Lake Worth

Fort-Lauderdale-bate-volta31

Pequena cidade ainda no condado de Palm Beach, tem cerca de 35.000 habitantes em 17 km², como as cidades vizinhas, não dá pra saber onde começa, quando menos de espera  a A1A está cruzando a cidade. A estrada passa entre o mar e o rio.

Fort-Lauderdale-bate-volta35

 

Palm Beach

Famosa por suas mansões cinematográficas, Palm Beach tem uma orla onde se pode ter acesso à praia. Em um determinado ponto da praia, as casas ficam de um lado da estrada e o mar do outro, para se ter acesso á praia é preciso atravessar a estrada. Na praia em frente a essas casas há pequenos portões que dão acesso à areia.

Fort-Lauderdale-bate-volta8

Fort-Lauderdale-bate-volta40

Fort-Lauderdale-bate-volta39

Palm Beach possui uma população fixa de menos de 10.000 habitantes, em sua maioria aposentados afortunados com mais de 65 anos. No inverno, quando a cidade está mais populosa, esse número chega a 30.000 habitantes, os chamados moradores sazonais que possuem suas mansões e vão aproveitá-la nessa época do ano.

Famílias tradicionais americanas como os Kennedy e os Trump têm casa na cidade e famosos como Rod Stewart passam alguns meses do ano por lá.

Fort-Lauderdale-bate-volta38

Orla onde conseguimos estacionar usando o parquímetro

Voltamos e resolvemos que chegaríamos a Fort Lauderdale pela A1A e não mais pela I-95, queríamos passar por Pompano Beach e tentar aproveitarmos ao máximo a vista da costa, ou o pouco que poderíamos ver dela.

Decidimos entrar em Boca Raton para darmos uma volta e conhecermos um pouco mais a cidade, e encontrarmos um lugar pra almoçar.

Voltando pela A1A, entramos à direita na Spanish River Blvd, vimos na ida que ela dava acesso a uma parte mais central da cidade.

Fort-Lauderdale-bate-volta37

Colocamos o Mizner Park no GPS, que é um lugar muito interessante pra se conhecer. Quem nos deu a dica foi Mirella do blog Mikix.com. Valeu :).

Fort-Lauderdale-bate-volta27

O Mizner Park fica na 327 Plaza Real, é na verdade uma praça com lojas e restaurantes dos dois lados, além de ter apartamentos no andar superior às lojas/ restaurantes.

Nas laterais das calçadas há estacionamento com parquímetro e mais adiante, um estacionamento coberto gratuito durante a primeira hora. Vimos que é nesse estacionamento onde os moradores dos apartamento deixam seus carros. Foi nele que estacionamos.

Fort-Lauderdale-bate-volta47

Fomos de um canto a outro. No centro há um bonito jardim, muito bem cuidado e com muitos bancos espalhados. Há uma fonte de água, caramanchão, pessoas caminhando, umas com crianças, outras levando seus cachorros pra passear. É um lugar que passa uma tranquilidade imensa, talvez por ser muito silencioso, chega a ser um pouco bucólico…

Fort-Lauderdale-bate-volta33

Fort-Lauderdale-bate-volta26

Fort-Lauderdale-bate-volta3

Fort-Lauderdale-bate-volta48

Os prédios são pintados de rosa e bege, complementam o ar sóbrio e tranquilo. Em todos eles tem corredores no térreo que dão acesso às lojas e restaurantes.

Fort-Lauderdale-bate-volta46

Um uma das praças havia uma enorme árvore de Natal.

Fort-Lauderdale-bate-volta25

O Mizner Park é um lugar para caminhar e sentar em algumas das mesas dos restaurantes e ficar contemplando a paz, pelo menos no horário que fomos. Era perto das 3 horas da tarde.

Saímos de lá e fomos dar uma volta pela cidade, queríamos ir ao museu de arte, mas a fome apertou e resolvemos parar num complexo de lojas onde imaginamos ter algumas opções para comer. Era o Royal Palm Plaza. E ainda bem que tivemos sorte.

Fort-Lauderdale-bate-volta14

Vimos o Saquella Caffé, gostamos do ambiente e entramos. Tem um grande terraço como dá pra ver na foto, mesas do lado de fora e dentro do salão principal. Ficamos no terraço.

Pedimos chá e refrigerante para beber, Ricardo escolheu um Salmon Burger (U$ 11,99) e eu uma Foccacia Cap (U$ 11,99).

Fort-Lauderdale-bate-volta23

Salmon Burger que estava delicioso (eu provei :))

Fort-Lauderdale-bate-volta22

Focaccia Cap, que vem acompanhada com tomates e muzzarela de búfala com um molho delicioso.

Fort-Lauderdale-bate-volta21

E o que adorei….tem espresso (U$ 1,89) lá gente!!! Ô coisinha difícil nos States né?

Fort-Lauderdale-bate-volta20

Um pouco mais do lugar…

Fort-Lauderdale-bate-volta12

Entrada

Fort-Lauderdale-bate-volta13

Salão interno

Saímos super satisfeitos, gostamos do ambiente, da comida e do atendimento que foi excelente.

Voltamos pra A1A e seguimos para nosso último destino antes de chegarmos a Fort Lauderdale.

Pompano Beach

Fica no condado de Broward, é vizinha a Fort Lauderdale, tem em torno de 65 km² de área e é a cidade da Flórida com maior concentração de brasileiros.

Nas margens da A1A, as mansões continuam por quase todo o caminho e do lado direito agora, já que estamos voltando, o rio também ladeado por lindas casas com seus barcos ancorados nos decks particulares. Vimos alguns do lado da estrada mas com entrada proibida.

Fort-Lauderdale-bate-volta28

Fort-Lauderdale-bate-volta19

Fort-Lauderdale-bate-volta36

Chegamos à praia de Pompano Beach e é totalmente diferente das outras que visitamos nesse dia. Tem uma orla com calçadão, chuveirão, barracas, bicicletas para aluguel, é uma praia urbana. Mas há também pelo caminho lugares menos ‘fáceis’ pra se chegar na areia.

Fort-Lauderdale-bate-volta30

Fort-Lauderdale-bate-volta16

Na orla em frente ao estacionamento onde deixamos o carro

Fort-Lauderdale-bate-volta15

No calçadão. Ali atrás é o estacionamento com parquímetro onde deixamos nosso carro

Fort-Lauderdale-bate-volta34

Já era final de tarde, o sol que estava preguiçoso durante todo o dia, naquela hora estava se pondo. O vento estava mais forte que não tivemos coragem de chegarmos à areia. Olhamos o mar de longe e voltamos pra o carro. Vimos que estava forte, com ondas mas com muita gente tomando banho, não sei como aguentavam, sinceramente…

No caminho de volta pra Fort Lauderdale, paramos pra apreciar o pôr-do-sol que estava lindo do lado do rio.

Fort-Lauderdale-bate-volta18

Seguimos pela A1A que na verdade margeia Fort Lauderdale, passando pela frente de nosso hotel inclusive. Estava começando a escurecer quando chegamos.

E o resumo dessa ópera?

Vale a pena fazer esse bate-volta partindo de Fort Lauderdale e se o dia estiver com céu aberto, melhor ainda, pelo menos pra quem gosta de areia e mar como nós. Infelizmente não tivemos essa sorte. Vista uma roupa de banho por baixo vá em frente.

Para comer é preciso entrar nas cidades, não vimos nenhum restaurante pelas margens da A1A, hotéis e clubes são muitos, mas privativos para os hóspedes e sócios.

Adoramos conhecer um pouco mais da costa da Flórida, ver como os americanos curtem a praia, ver de perto as mansões dos bem aventurados de uma país capitalista que souberam fazer a vida.

E uma dica: siga pela A1A desde o começo da viagem, começamos pela I-95 mas nos arrependemos, mesmo sem ter uma visão sempre aberta do mar, o visual é completamente diferente de uma auto-estrada.

Quem já fez esse trajeto e tem o que contar pra gente? Fique à vontade pra comentar :).

Mais sobre essa viagem:

Planejamento de uma viagem a dois a Fort Lauderdale
Review do hotel onde nos hospedamos à beira-mar
Como vimos o Thanksgiving e a Black Friday nos Estados Unidos
Um dia em Naples

Já baixou o nosso guia com dicas de como planejar uma viagem por conta própria? Ainda não? Veja aqui como é simples.

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Real Seguros; Alugar seu carro com a RentalCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e para Europa na Travel Mobile

 

 

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
· · · ·
Categorias:
América do Norte · Estados Unidos 🇺🇸 · Flórida · Fort Lauderdale · Onde fui

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title