banner

Bondinho em San Francisco. O passeio é uma delícia.

O nome é o que menos interessa, seja bondinho para nós visitantes, seja cable car para os moradores da cidade, o que todo turista quer mesmo é subir e descer as ladeiras pendurado nas laterais ou sentado nos bancos que ficam nos 2 lados e curtir alguns poucos minutos descansando as pernas e apreciando as paisagens que são sempre bem interessantes, o bondinho em San Francisco é seguido por todos.

Bondinho-cable-car-trem

Quando escrevi o post com 15 atrações imperdíveis em San Francisco, recebi comentários falando sobre o passeio de bondinho, sabia que isso iria acontecer, mas não incluí na lista por 2 motivos: 1º porque no post, minha ideia foi indicar lugares a serem visitados e 2º porque por como é uma atração unânime no roteiro de qualquer viajante, achei que merecia um post exclusivo. Acho que estou perdoada :).

Bondinho-cable-car-ladeira2

Em nosso roteiro, havia programado alguns deslocamentos usando o bondinho ou cable car, como prefiram chamar, cumprimos alguns e de acordo com o horário e facilidade, usamos outros transportes já que com nosso passaporte poderíamos escolher entre algumas alternativas.

Bondinho-cable-car-ladeiras

O tão famoso e querido transporte que é um dos ícones de San Francisco, começou suas atividades em 1873 e funciona através de cabos que ficam embaixo das ruas.

Atualmente 3 linhas cobrem a cidade, a California (California e Van Ness via California to Market), Powel/Hyde (Hyde e Beach (Victorian Park) via Hyde, Washington, Powell to Market) e a Power/Mason (Taylor e Bay (Fisherman’s Wharf) via Taylor, Columbus, Mason, Washington, Powell to Market). A maior das rotas é a Powel/Hyde com 28 paradas em seu percurso. A diferença entre a Hyde e a Mason, é que a primeira vai até bem perto da Ghirardelli Square e passa pela Lombard Street e a segunda vai até o meio do Fisherman’s Wharf.

Bondinho cable car mapaO ticket avulso para qualquer uma das linhas custa U$ 6, pode ser comprado diretamente ao cobrador no bonde ou nos pontos finais. Outra forma de usar sem pagar o valor avulso é comprando o CityPass que abrange outras atrações, veja aqui ou comprando o passaporte MUNI que foi o que nós fizemos. Veja nesse post detalhes de como funciona.

Uma informação importante: a tarifa vale apenas para 1 viagem, se você descer em qualquer das paradas para visitar alguma coisa e voltar a subir em outro bonde, terá que pagar novamente, então fique atento a isso, caso não compre nenhum dos passes que valem viagens ilimitadas por dia (s), é melhor pegar umas das linhas no começo e continuar até o final.

O transporte é tão importante para a cidade que tem até um museu sobre ele, mas infelizmente não visitamos nessa viagem.

O que eu queria mesmo era andar num dos bancos laterais que ficam na parte aberta, mas em nenhuma das nossas viagens conseguimos, ficamos sempre na parte interna. Deu pra tirar fotos, filmar alguns trajetos e sentir o friozinho na barriga quando nos deparávamos com uma ladeira enooorme à nossa frente, mas vimos que é bem tranquilo, o bondinho anda bem devagar, usa um sino para sinalizar que está passando e é respeitado pelos motoristas dos outros veículos.

Bondinho-cable-car-dentro

Bondinho-cacle-car-trens

Bondinho-cable-car-eu

Em uma de nossas viagens, encaramos uma fila de 40 minutos na esquina da Powel com a Market, era começo da manhã de um domingo, mas é bem interessante porque vimos como funciona o retorno do bonde. Quando ele chega ao final do trilho, os 2 condutores/cobradores, descem e o processo é manual. A plataforma de madeira gira e um deles manipula manualmente para que o bonde vire.

Boncdinho-cable-car-retorno

O bondinho não sai completamente lotado desses pontos de início do trajeto, o cobrador deixa alguns (poucos) lugares disponíveis para serem ocupados pelas pessoas que estão à espera nas paradas que vêm depois desses pontos. Quando passa por uma delas, o cobrador fala quantas pessoas podem subir, eles são simpáticos, brincam com quem está esperando, brincam com quem está dentro do bonde. Mesmo estando bem cheio, o passeio pode ser divertido.

Fiz um vídeo pra mostrar um pouco como é o passeio, deixei os sons originais pra vocês verem como funciona a sinalização com o sino e o barulhinho do bonde passando pelos trilhos.

E aí, gostaram? Da próxima vez espero ter mais sorte e sentar nos bancos do lado de fora :).

Para mais informações consulte www.sfmta.com.

Mais sobre essa viagem:
Planejamento detalhado da viagem
Review do apartamento que alugamos
Como funciona o transporte público em San Francisco
15 atrações imperdíveis em San Francisco
Visita a Alcatraz
2 restaurantes imperdíveis em San Francisco
Onde tomar café da manhã em San Francisco
Visita a Sausalito

Passeio de bondinho em San Francisco

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
· ·
Categorias:
Estados Unidos 🇺🇸 · Onde fui · San Francisco

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title