banner

Festival de Inverno de Garanhuns – O que visitamos.

Fiz uma introdução explicando o que é o Festival de Inverno de Garanhuns – FIG  aqui, e agora vou falar sobre o que vimos nessa 24ª edição. Não fomos a todos os polos e atrações espalhadas pela cidade, nos concentramos no que era de interesse da maioria do grupo.

Praça Mestre Dominguinhos –  Como já falei no outro post, até o ano passado chamava-se Praça Guadalajara, mas esse ano mudou de nome pra homenagear o filho ilustre da cidade que faleceu. É nela onde ocorrem os shows noturnos com artistas renomados. São 4, 5 bandas/cantores por noite, e a atração principal sempre é a última a se apresentar. É ao ar livre mas tem o setor de camarotes cobertos. Nós nunca fomos pra eles, sempre ficamos na praça mesmo.

O palco fica ao fundo e barracas com comidas e bebidas ficam espalhadas em uma das laterais da praça. Dependendo da atração, o espaço fica lotado. Esse ano, 60.000 pessoas estavam presentes no show de José Augusto e Fábio Jr., foi o maior público registrado em todos os festivais. Sempre levamos guarda-chuvas e sombrinhas e deixamos com a dona da barraca onde nos servimos todos os anos. Nunca pegamos chuva forte, lá no inverno sempre quem está presente é a tradicional garoa, não molha muito, mas esfria muuuito!

Festival de Inverno de Garanhuns - Praça Mestre Dominguinhos

Festival de Inverno de Garanhuns - Praça Mestre Dominguinhos grupo

Nós fomos quase todas as noites, durante a semana saíamos mais cedo mas nos finais de semana chegávamos em casa um pouco antes do sol nascer. Esse ano as crianças pediram pra ir assistir ao show dos Titãs que foi na noite de encerramento, ficaram até às 4:30h da manhã, estavam todas espertíssimas e curtiram muito a noite. Espetinhos de queijo, batatas fritas e chocolate quente ajudaram a passar o tempo :).

Uma novidade que vimos esse ano foi um fotógrafo itinerante, muito interessante, ele andava com uma placa mostrando que tirava foto e revelava na hora. Testamos e repetimos, ficou uma lembrança muito legal do grupo todo reunido.

Festival de Inverno de Garanhuns - foto na rua Praça Mestre Dominguinhos

Palco da Cultura Popular – No centro da cidade, tem apresentações de danças folclóricas dos mais diversos ritmos da nossa cultura. Fomos no dia do Homem da Meia-Noite, tradicional bloco de carnaval que percorre as ruas de Olinda.

 Festival de Inverno de Garanhuns - Palco da Cultura Popular

Praça da Palavra – Localizada na Praça Souto Filho,  pavilhão dedicado à literatura, tem palestras, cursos, recitais, lançamento de livros e um café lounge.

Festival de Inverno de Garanhuns - Praça da Palavra

Teatro Luiz Souto Dourado – No Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, foi palco de várias peças durante os 10 dias do festival. A entrada é gratuita mas é preciso ir bem cedo pra conseguir ingresso,  e esses eram limitados a 2 por pessoa. Nós fomos assistir ao monólogo O Livro com Eduardo Moscovis, espetáculo sensacional.

Festival de Inverno de Garanhuns - Centro Cultural fachada

Parque Ruber Van Der Linden – Conhecido na cidade como Pau Pombo, é uma área privilegiada no centro,, tem um espaço verde maravilhoso, muito bem cuidado. Nele é montado o Palco Instrumental onde vários músicos se apresentam a partir das 18h em alguns dias das semanas no festival. Não é preciso ingresso, é só chegar. No espaço são montadas algumas exposições, instalações, barracas de comidas típicas como o famoso chocolate Sete Colinas e um stand do SENAC com oficinas. Participamos da ‘Como montar uma mesa elegante’. Fomos vários dias ao parque.

Festival de Inverno de Garanhuns - Parque Ruber Van Der Linden

Festival de Inverno de Garanhuns - Pau Pombo jardim

Festival de INverno de Garanhuns - Parque Ruber Van Der Linden exposição

Exposição montada no alto de uma das árvores do parque. Performance Corpo de Pedro Fonseca de Andrade

Festival de INverno de Garanhuns - Palco instrumental

Casarão dos Pontos de Cultura – Espaço que agrega vários tipos de artesanato, sempre artistas da região que expoem esculturas, bordados, crochê, rendas. Tudo está à venda.

Festival de Inverno de Garanhuns - Casarão dos pontos de cultura

Casa Galeria Galpão –  Meu lugar preferido no festival. Exposições de fotografias, moda, exposições de arte, bijuterias, e em algumas salas lojinhas com produtos diferenciados.

Festival de Inverno de Garanhuns - Casa Galeria Galpão fachada

Parque Euclides Dourado –  Grande parque também conhecido como Parque dos Eucaliptos, como o nome já sugere, é repleto dessas árvores. Nele vários pavilhões são montados todos os anos, Palco Pop, Palco do Forró, Espaço de Dança e do Teatro para Infância, Espaço do Mamulengo e dos Pontos de Cultura, Espaço do Artesanato e do Patrimônio Cultural. Além de barracas vendendo comidas típicas, uma praça de alimentação e  muita gente circulando por todos os lados.

Festival de Inverno de Garanhuns - Parque Euclides Dourado

Festival de Inverno de Garanhuns - Palco do Forro

Circo – Meus meninos quando eram pequenos iam todos os dias ao circo, dessa vez foram apenas 1 dia e mais uma vez adoraram. Atração gratuita mas que também é preciso ir mais cedo, enfrentar uma fila e pegar os ingressos, 3 por pessoa. No dia que eles foram foi bem interessante porque não era uma trupe, foram vários artistas de circo se apresentando, cada um com seu estilo. O espetáculo durou mais de 2 horas.

Festival de INverno de Garanhuns - Circo

Circo artistas 2

Circo artistas

Muitas oficinas e apresentações acontecem em lugares diferentes simultaneamente. Pra ver tudo é preciso se organizar bem e ficar de olho na programação. No nosso caso, como sempre estamos em grupo, vamos moldando nossa programação de acordo com o gosto da maioria, mas sempre dá aproveitar bem o FIG.

Fica a dica de uma festa totalmente cultural, com programação diurna e noturna, pra crianças e adultos e tudo de graça. Pra quem gosta de vinho como nós, quase 60 garrafas durante 10 dias foram consumidas considerando o que tomamos em casa e o que consumimos nos shows à noite, muitas risadas junto da família e de amigos. Que venha o próximo FIG!

Garanhuns fica a 240km de Recife, faz parte das cidades do Circuito do Frio. É também conhecida como a Suíça Pernambucana e Cidade das Flores.

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
· · · ·
Categorias:
América do Sul · Brasil 🇧🇷 · Cultura · Garanhuns · Onde fui · Shows

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title