banner

Viagens gastronômicas – Moules-Frites

Moules-frites nada mais é do que mexilhões servidos com batatas fritas. Prato clássico belga, o que não causa espanto já que Bruxelas fica a uma hora de carro da costa e claro que com isso tem um elo com o mar.

Ricardo e eu estivemos numa brasserie em Paris perto do nosso hotel na Place de Clichy que servia os moules-frites, na ocasião não pedimos, eu fui numa saladinha que tinha mexilhões e ele num prato com peixes, mas vimos muitas pessoas nas mesas ao nosso redor se deliciando e o ritual de comer nos chamou atenção, nos lembrou muito quando vamos aqui a um barzinho pra comer caranguejo, já que  pra comer os moules-frites as conchas dos mexilhões servem de pinça e tem na mesa um balde sobressalente pra colocar as conchas vazias, semelhante ao nosso costume de comer com as mãos o caranguejo e colocar as cascas num recipiente ao lado.

Como capital da União Europeia, Bruxelas cresceu como centro gastronômico nos últimos anos e por isso os restaurantes mais refinados da cidade não querem ter em seu menu uma comida ‘tão simples e sem requinte’. É muito mais comum encontrá-los em bistrôs e restaurantes familiares.

Eu ainda não experimentei e claro não tenho fotos do prato, pedi pra meus leitores que enviassem o que tivessem sobre o assunto, como fotos e endereços de lugares onde experimentaram, das que recebi escolhi 2 que se enquadram no perfil do post, com a permissão das autoras, aqui serão apresentados os moules-frites pra quem não conhece.

Fa Vaz Moules Frites

Fabíola Vaz em Bruxelas em 2009. Galeria St. Hubertus próxima à Grand Place.

 

Fa Lucena Belgica Moules Frite

Fabíola Lucena e Leandro em Antuérpia em 2005 – Praça principal da cidade (ela não lembra o nome do restaurante)

Apesar de ser considerado um prato singelo pelos belgas, o prato exige competência para ser feito, os mexilhões são cozidos à marinière (com echalota picada, aipo, salsa, tomilho, louro e uma taça de vinho branco) e depois servidos em caçarolas grandes, acompanhados de farta porção de frites (batatas fritas).

Algumas observações sobre as batatas fritas belgas:

– Só algumas variedades como a Bintje (binge) são adocicadas e secas o bastante para render o máximo de sabor e crocância;

– Os pedaços precisam ter o tamanho equivalente a mais ou menos o dedo mínimo de uma moça;

– A banha de vaca, que é o óleo tradicional usado pra fritá-las, deve ser fresco e bem quente;

– E por fim, as batatas devem ir ao fogo duas vezes, uma até amolecer e depois de frias voltam para dourar e ganhar crocância.

Viram porquê sa batatas belgas não têm rival no mundo?

Bom, e agora alguns endereços pra quem pretende experimentar essa delícia.

Sugestões:

La Marée Rue de Flandre, 99, Bruxelas; www.lamaree-sa.com

Propriedade de um casal português, tem uma convidativa cozinha panorâmica. Serve o prato de diferentes versões: marinière, ao vinho branco, à provençal e à moda da casa. São levados à mesa em grandes caçarolas de ferro fundido. Podem ser pegos com o garfo ou usar duas conchas de mexilhões como pinças. O caldo restante é servido com colher. Preço médio.

In’t Spinnekopke Place du Jardin aux Fleurs, Bruxelas; www.spinnekopke.be

Tradicional taberna datada de 1762, especializada em cerveja e pratos belgas. Preço médio.

Chez Patrick Rue des Chapeliers, 6, Bruxelas; www.chezpatrick.be

Serve moules-frites e outras especialidades belgas há mais de 70 anos. Perto da Grand Place. Preço médio.

Fora de Bruxelas pode-se encontrar moules-frites de excelente qualidade.

Oesterput Blankenberge 8370; www.oesterput.com

O restaurante estilo cantina fica na área do porto de Blakerberge. Situado num armazém rústico, serve pescados de qualidade. Preço médio.

Belgo 50 Earlham St  London WC2H 9LJ;www.belgo-restaurants.co.uk

Especializado em pratos e cervejas belgas, estilo brasserie. Preço médio

Belgian Beer 5 Riverside Quay | Southbank, Melbourne, Victoria 3006, Australia; www.belgianbeercafemelbourne.com

O bar principal apresenta um extenso cardápio de cervejas belgas e internacionais. Com um terraço estilo europeu e uma sala de jantar no andar de cima, oferece um espaço elegante e descontraído para todas as ocasiões. Preço médio

Jeannine’s Bistro 106 Westheimer Road, Suite #E, Houston, TX; www.jeanninesbistro.com

Um bom exemplo americano que serve especialidades belgas. Preço médio

Acho que dá pra escolher algum certo?

O próximo post dessa série será sobre Torten, as deliciosas tortas cremosas de Salzburgo. Você tem foto ou dica de onde comer? Entre em contato comigo.

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
·
Categorias:
Bélgica 🇧🇪 · Europa · França 🇫🇷 · Livros · Onde fui

Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title