banner

Nossa experiência no Grand Canyon

Continuando a viagem, nossa experiência no Grand Canyon….

Depois de uma passada rápida por Williams, uma cidadezinha super charmosa que merece pelo menos 1:30h passeando por suas ruas, seguimos pra AZ 64 pra chegarmos ao Grand Canyon, como comentei aqui , resolvemos parar na volta pra chegarmos a tempo de ver o pôr-do-sol no parque.

A estrada é bem deserta, seguimos por cerca de 1h até chegarmos ao nosso destino. E lá estava ele…

DSC_0521

Pagamos a taxa de U$ 25 por carro que vale por 7 dias, podendo entrar e sair livremente durante esse período.

Com o mapa que recebemos na entrada fomos em direção ao centro de informações (Visitor Canter), o sol estava baixando, mesmo com um pouco de pressa para acharmos um lugar legal para vermos o tão espetáculo adormecer do ‘ilustre astro’ não podíamos apertar no acelerador porque em todo canto tinha placa de controle de velocidade, mas foi fácil chegar onde queríamos.

Estacionamos e quando descemos do carro levamos um choque, gente estava muito, mas muito frio, recebemos um impacto que nos deixou quase imóveis kkk (eu estava com calça e camisa segunda-pele, bota de cano longo, além de um casaco acolchoado por cima, Ricardo com 2 blusas e um casaco com cachecol) e mesmo assim sentíamos muito frio, mas fomos lá em busca de informações.

No local tem um relógio indicando o horário do sunset, estava marcando 5:21h, eram 5:05h, perguntei onde poderíamos ir, ela nos indicou seguir à esquerda e depois à direita, perguntei se seria de carro e ela disse que teria que ser a pé senão não daria tempo. Agradeci e saímos.

Logo em frente tem o ponto dos ônibus que fazem os passeios com os turistas, um estava parando em nossa frente, o motorista abriu a porta, uma pessoa desceu, aproveitei e perguntei se era melhor irmos nele ou ir andando, ele nos indicou a mesma direção que a moça havia indicado e disse para irmos andando, e lá fomos nós!

Porém não nos falaram o nome do point para seguirmos e nós não nos tocamos quanto a isso, teria sido muito mais fácil….

Como não nos falaram em nenhum mirante específico, ficou difícil localizar, como estávamos com o mapa em mãos teria sido super fácil encontrar, vejam como era perto de onde estávamos….

mapa GC mater

Simplesmente não achamos um mirante, andamos mata adentro, começou a ficar bem deserto, nem carro passava e vimos que estávamos indo numa direção onde haviam umas construções que lembravam aqueles celeiros dos filmes americanos…e nada do mirante, olhávamos pra cima e tentávamos seguir o sol mas nada….desistimos e resolvemos voltar para o carro porque nossos pés estavam congelando, Ricardo não sentia os dedos e eu não sentia meu nariz.

Grand-Canyon-por-do-sol

Vista que víamos dentro da mata

Entramos no carro e resolvemos seguir no mapa onde ficava o Mater Point e bingo! Chegamos num canyon maravilhoso, tinham uns jovens asiáticos lá, descemos quase correndo pra vermos o que restava do sol, valeu muuuuuito a pena a maratona. Quando nos orientamos melhor no mapa vimos que era pra lá que estavam nos direcionando, mas não falaram Mater Point!!!

DSC_0524

DSC_0527

DSC_0531

Para cada lado que olhávamos era uma vista mais linda do que a outra, esquecemos até um pouco do frio, ou vai ver congelamos por algum tempo mesmo kkkk.

Ficamos lá enquanto o sol descia de vez e seguimos pra o carro. Agora era hora de localizarmos nosso hotel, o Bright Angel Lodge. Veja como reservar aqui.

Com o mapa em mãos novamente, começamos nosso caminho, para falar a verdade achei o mapa muito confuso, acho que como não estava em escala, as coisas não batiam direito, tinha curva antes do esperado ou o contrário, enfim, demoramos mais do que esperávamos pra nos localizar.

Paramos para perguntar a um funcionário, ele nos orientou, mas antes de chegarmos ao hotel passamos pelo Market Plaza Westbound, um supermercado bem grande e decidimos parar.

Descemos e compramos um boné para um dos nossos meninos, eu comprei logo o souvenir para garantir, Ricardo escolheu uma cerveja, isso mesmo, apesar do frio ele não resistiu, depois do corre-corre ele merecia relaxar coitado!

mapa GC1

Fomos finalmente para o hotel, ele tem quartos e cabanas, reservamos uma cabana, pagamos pouco mais de U$ 100.

O checkin foi super rápido, a noite já caía e a temperatura mais ainda, estava fazendo -8ºC!!!! Não preciso comentar mais nada né!

O hotel é uma graça, todo em madeira, super aconchegante.

DSC_0544

Estacionamos o carro bem em frente à nossa cabana, entramos e fui logo registrar como era….

DSC_0535

DSC_0536

banheiro GC

Nos organizamos no quarto, descansamos um pouco, tomamos banho e fomos jantar.

Quando saímos do quarto o frio doía. A cabana era bem perto do prédio principal mas fomos de carro por causa do frio, era insuportável. Deixamos o aquecedor do quarto ligado enquanto estávamos fora pra garantir nosso conforto na volta.

Quando entramos a lareira do lounge estava acesa, a árvore de Natal piscando. Antes de seguirmos pra o restaurante paramos numa lojinha de souvenirs, comprei uns enfeites lindos pra nossa árvore.

Nosso jantar foi uma delícia, pouca gente no restaurante, brindamos com um vinho californiano, que vale salientar nos deixou zonzos muito rápido, achamos que foi por causa da altitude, só pode!

DSC_0549

Nossa comilança, acreditem que mesmo com todo o frio lá fora, não resisti a um sorvete de morango, não falei que o vinho pegou kkkk!

pratos 1 GC

pratos 2 GC

Antes de voltar pra o quarto, ficamos um tempinho no lounge vendo o movimento das pessoas, sentamos próximos à lareira, tiramos algumas fotos e fomos dormir porque às 6:20h da manhã seria o sunrise e claro que queríamos ver.

DSC_0556

DSC_0562

Dormimos muito bem, o quarto estava bem aquecido, o despertador nos acordou na hora programada e saímos pra tentar ver o sol nascendo.

Quando abrimos a porta vimos que já era dia, mas o sol ainda estava chegando….aproveitei pra fotografar o lado de fora de nossa cabana porque o frio da noite não permitiu fazer isso.

DSC_0574

Pegamos o mapa e seguimos em busca de um mirante, optamos pelo Hopi Point, ficava perto do hotel e não assim não corríamos o risco de nos perder novamente…

Encontramos o point,  algumas pessoas estavam lá, a visão do canyon era linda. Paramos, descemos e nos aproximamos, tinha pelo menos 15 pessoas, todas fotografando e apreciando aquela paisagem que nos deixou sem fôlego.

O jogo de cores é inexplicável, vão mudando de repente, basta virar pra tirar uma foto e quando voltar já estarem diferentes.

DSC_0581

DSC_0587

DSC_0630

Ficamos no mirante por aproximadamente 1h, voltamos pra o hotel pra tomar café e depois pegar estrada, íamos voltar pra Las Vegas pela Rota 66, nossa ideia era chegar em Vegas no final da tarde. O frio tava grande, quando chegamos ao hotel vimos que o termômetro marcava 3 graus.

Tomamos um café rápido, não estava incluído na diária, tomamos chocolate quente com muffin, muito bons os dois.

DSC_0707

Voltamos para a cabana, pegamos nossa mala, fizemos o checkout.

Quando estávamos saindo vimos umas pessoas entrando no lounge por uma porta que ficava do lado contrário da entrada, resolvemos ir lá ver o que tinha.

Quando abrimos não acreditamos no que vimos, um canyon maravilhoso bem pertinho de nós e corremos feito loucos atrás de um….gente caímos na risada e fomos pra perto do penhasco para ver mais uma vez e registrar aquele presente da natureza aos nossos olhos, e claro mais e mais fotos….

DSC_0662

Foi aí que percebemos a localização de nossa cabana, vejam o que tinha no ‘nosso quintal’, além do Yavapai Point and Geology Museum, todos estavam fechados ainda.

mapa GC2

Pegamos o carro e fomos ao Visitor Center pra ver com calma, ainda estava fechado, tiramos algumas fotos e seguimos nossa viagem de volta.

Nosso interesse era ver os espetáculos do nascer e do pôr-do-sol que foram alcançados, pretendíamos ir ao Desert Point Watchtower, mas como perdemos tempo na viagem de ida o tempo ficou curto, mas ficamos satisfeitos com a aventura.

Para conhecer o parque minunciosamente acredito que são necessários pelo menos 3 dias por lá. Como não somos adeptos de ecoturismo nosso objetivo foi atingido.

O lugar também é ideal para uma viagem de descanso, vimos muitos animais soltos livremente, cavalos que podem ser alugados pra passeios, as atrações são muitas.

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Real SegurosAlugar seu carro com a RentalCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Travel Mobile

E para acompanhar nossas viagens, nos siga no Facebook,  Instagramtwitter,  YouTube, Pinterest e no Google+.

Para programar sua viagem, veja o que você pode fazer sem sair aqui do blog

Reservar hotel pelo Booking;  Comprar seu seguro viagem com a Seguros PromoAlugar seu carro com a RentCars; Comprar seu chip pré-pago para os EUA e Europa na Easy Sim 4U e fazer câmbio na MelhorCâmbio.


Tags:
· · · · ·
Categorias:
América do Norte · Grand Canyon · Las Vegas · Onde fui

Comments

  • Olá, Cynara. Esse hotel fica dentro do Parque? Dá para ir e voltar no mesmo dia ao Gran Cannion? Qual a cidade base? Grande abraço.

    Susana Spotti 15/04/2013 12:19 Responder
    • Susana, esse hotel fica dentro do parque sim. Pra ir e voltar de carro no mesmo dia fica muito puxado, pois são em torno de 4h de viagem. A volta seria toda à noite, acho ruim pra quem não conhece bem a estrada, mesmo sendo muito bem conservda. Os passeios pelas empresas de turismo fazem esse trajeto num bate-volta, mas nesse caso conhecem bem a estrada e já sebam exatamente onde irem, muita gente faz isso, saem bem cedo numa van e voltam no final do dia, acho muito cansativo porque serão 8h de viagem num mesmo dia com algumas paradas, na minha opinião o outro dia fica comprometido pelo cansaço gerado, mas se não tivesse outra opção eu iria sim, porque vale a pena. Cidades próximas como opção de pernoite seria Tusayan, mas tem gente que fica em Williams que é um pouco mais longe.

      cynara 15/04/2013 13:04 Responder
  • Cynara,
    Estamos, eu e marido indo para Vegas pela primeira vez em 21/11, Chegaremos lá por volta do meio dia de sábado. Pensei em pegar o carro e ir para o Gran Canyon e ficar lá até segunda feira pela manhã, retornando a Vegas , assim pouparia e checkinns em Vegas e tb as diárias mais altas dos fins de semana. Você acha viável? como são as estradas? Com o GPS conseguiremos acertar bem o caminho?
    Desculpa tantas perguntas ,mas sempre fico insegura em conhecer novos lugares.

    Sandra 07/07/2014 20:42 Responder
    • Oi Sandra, ir ao Grand Canyon de carro partindo de Las Vegas é viável sim, mas o GPS não funciona em determinados pontos da estrada. Conto aqui como foi nossa experiência http://cantinhodena.com.br/2013/03/25/indo-de-las-vegas-pra-o-grand-canyon-de-carro/. A viagem dura umas 4h e vocês chegando ao meio-dia do sábado, depois de passar pela imigração e pegar o carro na locadora, vai levar no mínimo 2h, eu acho tarde pra pegar a estrada pra o GC. Se você pretende conhecer o parque e fugir das diárias salgadas dos finais de semana de LV, sugiro reservar apenas 1 noite num hotel simples, fora da Strip e seguir no domingo bem cedo pra o GC, vocês chegarão por volta do meio-dia no parque e poderão voltar na segunda no começo da tarde, chegarão em LV no começo da noite. A estrada é mais deserta perto do GC, da metade pra o final é bem sinalizada e movimentada. Mas isso depende de quantos dias pretendem ficar em LV, se forem menos de 5 eu não iria pra o GC dessa vez. É uma viagem longa, e LV tem o muito o que se fazer e ver. Qualquer dúvida pode perguntar ok? Um abraço.

      cynara 08/07/2014 13:12 Responder

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Guia Para Viajar por Conta Própria

Receba agora gratuitamente em seu email o
eBook "Como Tornar Possível Aquela Viagem
dos Seus Sonhos".

✔️  Como Escolher o Destino da sua Viagem;

✔️  Quando Comprar Suas Passagens;

✔️  Como Reservar Seu Hotel;

✔️  Como Montar um Roteiro de Viagem...

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Menu Title